IBr Agência Digital | Blog

WhatsApp anuncia lista de smartphones que o aplicativo não irá mais funcionar

Os usuários que ainda utilizam smartphones antigos sabem que grande parte dos aplicativos não são mais compatíveis devido a evolução dos mesmos, que exigem que o sistema tenha uma configuração mínima para rodá-los, e por este motivo o WhatsApp anunciou uma lista de aparelhos que deixarão de funcionar o seu aplicativo a partir de 30 de junho.

Os smartphones que estão presentes na lista são: Nokia S40, Nokia Symbian S60, BlackBerry e BlackBerry 10. Não é a primeira vez que o WhatsApp anuncia uma lista de aparelhos que deixaria de funcionar o aplicativo. Na última ocasião havia sido a vez dos aparelhos com os sistemas operacionais Android 2.1 e 2.2, iOS 6 e Windows Phone 7.

Contudo, a Proteste, instituição que atua na defesa dos consumidores, vai notificar o Facebook com o objetivo de impedir que o serviço seja suspenso em aparelhos antigos. Segundo a instituição, consta no artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor, no inciso IX, que é proibido “recusar a venda de bens ou a prestação de serviços, diretamente a quem se disponha a adquiri-los mediante pronto pagamento, ressalvados os casos de intermediação regulados em leis especiais”.

O WhatsApp alega que não se trata de má fé, pois os aparelhos antigos não suportam mais os padrões atuais do aplicativo para rodá-lo.

Portanto, fica a nossa dica para os usuários de smartphones muito antigos, que migrem para algum outro aparelho com uma configuração superior, caso não queria deixar de usufruir dos serviços do WhatsApp.

 

 

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Atualização no Gboard permite que o usuário desenhe o emoji que deseja para localizá-lo

Atualização no Gboard permite que o usuário desenhe o emoji que deseja para localizá-lo

A nova atualização do Gboard, o teclado virtual do Google, foi pensada para os usuários que usam bastante os emojis.

A partir de agora, o usuário poderá localizar um emoji através de um desenho. Basta desenhar na tela o mais próximo possível do emoji que ele procura que surgirá uma lista com todos os emojis disponíveis semelhantes ao reproduzido no desenho.

Outra novidade que acompanha essa atualização é o corretor automático, que agora além de adivinhar palavras, sugere a formulação de frases, mas o recurso ainda não encontra-se disponível para o português.

Inicialmente, as novidades estão liberadas somente para o sistema Android.

 

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Comemorando o mês do orgulho LGBTQ, Facebook lança reaction sobre o tema

Comemorando o mês do orgulho LGBTQ, Facebook lança reaction sobre o tema

O Facebook divulgou nesta semana o lançamento de uma nova reaction em homenagem ao mês do orgulho LGBTQ.

Da mesma forma que no dia das mães foi lançada uma reaction temporária com o significado de gratidão, e representada por uma flor, a nova reaction é representada por uma bandeira colorida, que representa os movimentos  LGBTQ mundialmente.

A novidade estará disponível durante o mês de Junho, e já passou a aparecer no perfil de alguns usuários.

Outra função que também estará disponível em homenagem a ocasião é um filtro para a foto do perfil e diversos filtros para serem utilizados através da câmera do app, que também estarão disponível no Messenger e no Instagram.

“Temos orgulho de apoiar a comunidade LGBTQ, e, ainda que haja muito trabalho a ser feito, estamos ansiosos para sermos parceiros ativos de agora em diante”, disse na divulgação o Diretor de Marketing da rede social, Alex Schultz.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Após cogitar cobrança de mensalidade, Twitter decide permanecer com serviço gratuito

Após cogitar cobrança de mensalidade, Twitter decide permanecer com serviço gratuito

Há algum tempo atrás, Jack Dorsey, cofundador e atual CEO do Twitter, reconheceu que existia uma possibilidade de ser cobrado um valor de mensal para os usuários terem acesso a recursos exclusivos para assinantes.

Contudo, o diretor financeiro da empresa, Anthony Noto, afirmou na semana passada que foi descartada a ideia de cobrar pela utilização plena da rede social, mas reconheceu que o serviço do Tweetdeck pode passar a ser cobrado para continuar existindo.

“O Tweetdeck pode ser uma oportunidade para adicionarmos diversos serviços premium e desenvolver uma fonte de renda por meio de assinaturas. Mas estou realmente confiante de que a proposta de valor que entregamos aos anunciantes é mais forte do que nunca atualmente”

O CEO, Jack Dorsey afirmou que o Twitter tem seu papel com a sociedade, e que todos devem ter acesso à rede social, independente de classes sociais e poder econômico.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Justiça brasileira começa audiência pública nesta sexta-feira para discutir o bloqueio do WhatsApp no país

Justiça brasileira começa audiência pública nesta sexta-feira para discutir o bloqueio do WhatsApp no país

Entre hoje (sexta-feira, 02) e segunda-feira, acontecerá uma audiência pública a pedido do Superior Tribunal Federal para discutir os bloqueios do aplicativo WhatsApp.

Em outras três ocasiões, o aplicativo já havia vivido problemas com a justiça brasileira, sendo bloqueado por determinado período no Brasil, e a origem foi a mesma em todos os casos.

Em alguns processos criminais, a justiça solicitou o acesso aos conteúdos de usuários suspeitos, e a empresa sempre alegou ser impossível fornecer tal conteúdo pelo fato de o mesmo ser totalmente criptografado, fazendo com que nem mesmo os desenvolvedores do app consiga ter acesso às informações.

O ministro Edson Fachin foi o magistrado que solicitou a audiência, que terá como tema principal o uso da criptografia no aplicativo. Participarão especialistas e representantes de entidades civis, representantes do WhatsApp e Facebook e a Polícia Federal.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!