IBr Agência Digital | Blog

Twitter inova e flexibiliza o uso dos 140 caracteres por mensagem

Twitter inova e flexibiliza o uso dos 140 caracteres por mensagem

Desde o seu lançamento, há dez anos atrás, uma das principais características do Twitter é o limite de 140 caracteres por mensagem.

Porém, a partir do próximo mês, a rede social não vai mais considerar os GIFs, enquetes, fotos e vídeos na contagem do limite dos caracteres por mensagem.

As novidades não param por ai. Outra alteração será aplicada nas mensagens iniciadas por “@”, que até o momento são utilizadas para direcionar a mensagem para um perfil específico, e partir de agora este tipo de mensagem poderá ser visualizada por todos os seus seguidores.

Segundo Jack Dorsey, CEO e fundador do Twitter, sua maior preocupação é em manter a principal característica da rede social, que é a simplicidade e a velocidade do seu alcance.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Startup americana cria fones de ouvidos que traduz idiomas em tempo real

Startup americana cria fones de ouvidos que traduz idiomas em tempo real

A startup americana Waverly Labs, de Nova Iorque, está trazendo ao mercado um produto que promete revolucionar a forma com que a comunicação ocorre entre pessoas fluentes em idiomas diferentes, principalmente para os usuários que costumam viajar pelo mundo sem o domínio dos diversos idiomas.

Apelidado de “Pilot”, o aparelho se assemelha muito a um par de fones de ouvidos, porém sem fio, e necessita de conexão a internet, sendo sincronizado ao smartphone.

Na primeira versão, que será lançada hoje, 25 de maio, o aparelho será compatível com o inglês, francês, italiano e espanhol.

A Eaverly Labs não revelou todas as especificações técnicas do produto, mas adiantou que será possível a utilização no modo offline, ao instalar o aplicativo do aparelho no smartphone, utilizando-os de forma conjunta.

Ainda não existe previsão para o início das vendas e seu preço inicial será de U$ 249 e U$ 299.

Nesta primeira versão do Pilot um dialogo só poderá ser traduzido entre pessoas que ambas estejam utilizando o aparelho, mas a empresa promete que nas próximas versões já será possível a tradução de qualquer conteúdo falado, quando estiver próximo da pessoa que estiver utilizando o Pilot.

Outros idiomas serão adicionados às próximas versões, garante a startup.

Vamos torcer para que o português esteja incluído nas próximas atualizações pois, assim, sem dúvida alguma as viagens internacionais serão mais tranquilas e melhor usufruídas.

Muita gente deixa de viajar para determinados países por medo do idioma e da cultura local, fatores estes que poderão ser amenizados portando um Pilot durante a viagem!

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Facebook projeta alterações em seu feed de notícias

Facebook projeta alterações em seu feed de notícias

Em abril deste ano, circulou uma notícia de que o Facebook realizaria mudanças no seu visual e na forma de utilizar o feed de notícias.

Parece que realmente isso vai acontecer. Vazou na rede algumas imagens disponibilizadas por um usuário, que possivelmente tenha participado de um pequeno grupo de testes realizados pelo Facebook.

A principal mudança será a adição de categorias e subcategorias nas postagens.

O usuário poderá anexar uma categoria a outra, de forma que permita uma maior especificação do assunto, como, por exemplo, a realização de uma viagem com objetivo de praticar alguma modalidade esportiva, pois viagem e esporte não são diretamente ligados, mas com a suposta atualização, isto será possível.

É como uma espécie de hashtag, pois definindo as categorias, o usuário poderá ter acesso a postagens de outros usuários com o mesmo assunto.

De acordo com o site The Next Web, a nova forma de organizar suas postagens não será de utilização obrigatória. O facebook sabe que muitos usuários não gostam ou não se adaptam a mudanças radicais, por isso as alterações são feitas através de pesquisas e de forma gradual.

É claro que, por se tratar de uma atualização que ainda não foi revelada oficialmente pelo Facebook, ela poderá surgir com  alterações que não serão exatamente como está sendo previsto.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Google projeta Android com aplicativos que reagem conforme o ambiente

Google projeta Android com aplicativos que reagem conforme o ambiente

Em evento realizado semana passada, a Google I\O, convenção anual da empresa, direcionada especialmente para desenvolvedores, o Google anunciou diversas novidades.

Uma delas é a intenção de projetar o Android para ser compatível com aplicativos que tenham a capacidade de reconhecer diversas variações no ambiente e nas ações do usuário.

Essas variações serão identificadas pelas chamadas “APIs” de consciência, que são um conjunto de programações para o Android que terão a capacidade de identificar diversas características no dia a dia do usuário, tais como a hora, temperatura, movimento do celular, saber se o proprietário está parado, caminhando ou correndo, entre outras sensibilidades.

Essa maior sensibilidade do Android com o ambiente em sua volta, permitirá ao usuário um novo leque de configurações ao seu smartphone, como, por exemplo, toda vez que se plugar um fone com o usuário correndo, ficará definido para disparar sua playlist de músicas automaticamente, ou o acionamento automático da lanterna quando o Android identificar o ambiente muito escuro, e até mesmo o acionamento da câmera quando o aparelho for segurado com o braço estendido para a frente, entre diversas outras possibilidades.

A ideia do Google é fazer o futuro chegar nas nossas vidas cada vez mais rápido, e não caberá somente à empresa, mas principalmente aos desenvolvedores de aplicativos conseguirem usufruir de forma produtiva da nova tecnologia.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Mesmo com a crise no país, brasileiros gastam mais na hora de escolher seu smartphone

Mesmo com a crise no país, brasileiros gastam mais na hora de escolher seu smartphone

Ainda ontem, postamos uma matéria no nosso blog referente a uma pesquisa feita com usuários de smartphones, comprovando o vício das pessoas na utilização da internet e da telefonia móvel.

De acordo com pesquisas realizadas pela IDC Brasil,  a média de gasto do brasileiro na hora de trocar de aparelho aumentou 27% nos últimos dois anos, na média de 740 reais para 870 reais.

Em 2016, esse numero aumentou ainda mais, passando para 30%.

Outra interessante revelação da pesquisa foi o fato de que, neste período de dois anos pra cá, a compra de smartphones populares, com preço de até 700 reais, caiu 44%.

Se pararmos pra pensar, estes dados nos levam a que tipo de conclusão?

Como pode um país que encontra-se com uma das maiores crises da sua história, com uma população assustada com o preço dos alimentos e produtos em geral, estar disposta a gastar ainda mais na hora de comprar seu smartphone?

Segundo Diego Silva, analista da IDC Brasil, entre 2014 e 2015, 65% dos usuários brasileiros já possuíam seu primeiro smartphone, e dificilmente quando a pessoa vai trocar de aparelho, compra um inferior ou da mesma qualidade, acabando por investir num aparelho com melhores configurações.

Os fabricantes identificaram este momento, e passaram a investir na fabricação de aparelhos com configuração e preço intermediário, com o objetivo de atingir esse nicho de consumidor.

Ou seja, o brasileiro corta outros gastos para poder investir um pouco mais em um aparelho um pouco melhor, fato que comprova que o Brasil é um grande apreciador e consumidor de tecnologia.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!