IBr Agência Digital | Blog

Domínios da web com novas regras a partir de 12 de janeiro

web com novas regrasVá começando a se desapegar dos famosos “.com”, “.net”, “.br” e outros tipos de domínios que servem como padrões para sites. Novas regras na internet começarão a ser implementadas a partir desta quinta-feira (12/1), principalmente em relação aos nomes de domínios dos sites.

.

A partir deste dia, empresas, marcas ou instituições poderão, por exemplo, propor qualquer terminação para seus endereços, ou os chamados domínios genéricos superiores. Assim, poderão ser criados domínios “.banco”, “.sp” ou até “.olhardigital”, uma vez que marcas poderão criar seus “.nike”, “.apple”, ou “.xbox”, e assim vai.

Porém, além de propor esses domínios, as empresas se tornarão entidades registradoras. Basicamente, terão toda a responsabilidade da gestão e operação do domínio, mesmo a parte tecnológica, assim como a Registro BR faz com o “.br”.

Para Rodrigo Azevedo, advogado especializado em Propriedade Intelectual e Tecnologia da Informação, os novos endereços possibilitam “um melhor posicionamento da marca na internet, ampliando as possibilidades de comunicação e visibilidade global de conteúdos”, além, claro, “de ser uma alternativa para o esgotamento do .com e .com.br”.

Apesar de a ideia já estar bombando no exterior – Nova Iorque e Berlim já querem seus domínios e diversos interessados querem domínios “.music”, “.hotel” ou “.web” –, no Brasil, o desconhecimento sobre o tema ainda é regra.

Azevedo conta que ele já está coordenando diversos pedidos de domínios para algumas das maiores marcas brasileiras, mas, na maioria da vezes, as companhias nem sequer sabem do que se trata essa oportunidade.

Outro ponto muito benéfico para as marcas e empresas é a prevenção de crimes ou fraudes virtuais. Assim, “todo o conteúdo publicado abaixo de .marcax, por exemplo, seria conteúdo oficial da marca ‘X'”, diz o advogado.

Porém, há riscos: outra empresa homônima pode escolher um domínio similar, podendo fazer com que a marca vá para segundo plano, mesmo se pensarmos em resultados de pesquisa em buscadores.

Entre os principais motivos que levam as empresas a investirem em novos domínios estão a personalização de seu lugar na web, atribuição de status digital à marca, possibilidade de comercialização de sites e e-mails com o nome do domínios e as oportunidades quase ilimitadas de novos endereços.

.

Fonte: olhardigital.uol.com.br

Procurando Emprego? 4 Redes Sociais que podem te ajudar a conseguir!

redes sociaisQuatro redes sociais, com foco em carreira, podem ajudá-lo a conseguir um reposicionamento profissional oferecendo contatos e espaço para currículos. Sites como o LinkeIn e o Eacademy pode funcionar como uma boa oportunidade para alavancar carreira.

Confira as principais características de cada um:

.
LinkedIn

A rede tem mais de 46 milhões de membros ao redor do planeta e tem representantes de 200 países. De acordo com o site, executivos da lista de companhias Fortune 500 são membros do serviço.

Tudo dentro do LinkedIn é relacionado a trabalho. Diferentemente de outras redes sociais, você não pode adicionar um contato sem que ele conheça você. É preciso utilizar seus colegas para fazer apresentações e conseguir conversar com o profissional desejado. Outra ferramenta interessante do serviço é a capacidade de opinar sobre o desempenho profissional de colegas. As referências, desde que verdadeiras, podem auxiliar na hora de buscar uma nova oportunidade.

Eacademy

A página tem o objetivo de conectar profissionais, permitir que seus usuários anunciem seus serviços e promover encontros em eventos. Além disso, o site apresenta conteúdo para atualização profissional e dicas sobre como melhor o desempenho. Clubes, ou comunidades, estão disponíveis para agrupar os profissionais por afinidade e até promover discussões sobre novas técnicas e tendências do mercado.

Indica

O indica é uma iniciativa nacional que também visa ligar profissionais. A principal diferença que uma boa parte do serviço dentro da rede é feita pelos “indicadores”, pessoas responsáveis por apontar os profissionais que as empresas estão procurando.

Alguns “headhunters” ganham comissão pelo serviço que é anunciado nas páginas do site. Os valores variam de acordo com a vaga divulgada.

Plaxo

O Plaxo é o mais parecido de todos com uma rede social comum. A diferença é que ele também é utilizado pelos usuários para divulgar dados profissionais. Entre as comodidades da rede está a possibilidade de conectá-la com outros serviços online também, como Twitter, Facebook e blogs.

Na área de carreira, é possível fazer ligações com outros profissionais e publicar o currículo. Também há uma ferramenta para compartilhar ofertas de emprego.

.

Fonte: midiasociaisblog.com

Mentos lança sabor Morango a pedido de consumidores nas redes sociais

consumidores nas redes sociaisProduto é o primeiro da marca a ser criado no Brasil a partir da manifestação de consumidores nas redes sociais e pode ser encontrado ao preço sugerido de R$ 1,10

.

A Mentos lança uma edição especial no sabor Morango a pedido dos consumidores. O produto é o primeiro da marca a ser lançado no Brasil a partir de uma manifestação espontânea de internautas na web, principalmente no Facebook no e Twitter. A embalagem do stick foi trabalhada para transmitir um conceito retrô e destacar a novidade. O lançamento é vendido em supermercados, bares, padarias, lojas de conveniência e de doces a preço sugerido de R$ 1,10.

Para divulgar o novo Mentos Morango foi criado um concurso cultural no Facebook e no Twitter, convidando os internautas a responderem à pergunta “Por que você merece um baú cheio de Mentos Morango?”. A ação colaborou para o crescimento de fãs da marca, que passaram de 44 mil para 100 mil e triplicou o número de seguidores no Twitter, chegando a 1.200 followers.

 

.

Fonte: mundodomarketing.com.br

Facebook ajuda homem e se casa com seu primeiro amor 40 anos depois

Facebook ajuda homemNo Reino Unido, um sessentão acaba de se casar com o seu primeiro amor, 42 anos depois de eles terem rompido um namoro adolescente que durou apenas quatro meses. Fantasia? Não é o que parece na fala de Hugh Forsythe, o viúvo que procurou sua amada pelo Facebook e a reconquistou depois de décadas de separação.

Depois do término, em 1970, os caminhos de ambos se distanciaram. Mas, em meados de 2011, Hugh, que é escocês, se encontrou com um parente distante que lhe deu a boa nova: Maureen, sua namoradinha juvenil, havia se divorciado. Ela então se chamava Maureen Stewart, e havia mantido o sobrenome do ex-marido mesmo após o divórcio.

.

Hugh então começou uma busca incessante pela rede social. “Eu nunca esqueci Maureen ao longo dos anos – ela foi meu primeiro amor e eu não iria deixá-la escapar novamente”, disse ele ao jornal Daily Mail. Depois de enviar dezenas de mensagens a outras mulheres chamadas Maureen Stewart, finalmente recebeu a resposta que tanto esperava.

Após a primeira troca de recados virtuais, a dupla começou a se encontrar e visitar os locais que frequentavam quando eram jovens. Depois de um romance-relâmpago, eles se casaram pouco antes do Natal. “Tivemos a sorte de uma segunda chance. Não são muitas pessoas que têm isso”, disse Maureen. Em 1970, ela era apaixonada por Hugh, mas decidiu terminar o namoro para não atrapalhar a carreira dele como trabalhador de um barco em alto-mar. Hoje, a cabeleireira aposentada não poderia estar mais feliz: “Tanta coisa aconteceu nesses anos, boas e ruins. É incrível que ainda tenhamos tanta sintonia”.

.

Fonte: Revista Marie Claire

Facebook: virus rouba 45 mil senhas da rede

virusAs redes sociais e contas de email foram alvo de diversos ataques de hackers no último ano. O Hotmail teve mais de 20 mil senhas de seus usuários de email roubadas no final de 2011.

Agora o alvo foi o Facebook, que teve cerca de 45 mil logins e senhas roubadas. A maioria das contas atingidas são do Reino Unido e França. O responsável pelos ataques seria o grupo Ramint.

.

De acordo com a empresa especializada em segurança digital, Seculert, os hackers invadiram perfis de usuários para mandar links com vírus. O malware também estaria aproveitando as senhas para tentar acessar e-mails dos usuários.

O grupo Ramnit infecta arquivos com a extensão .exe (arquivos executáveis), .dll (arquivos de sistema) e .html (arquivos de páginas de internet).

 .

 

Fonte: noticiasbr.com.br

WhatsApp chat