Arquivos Facebook - Página 12 de 23 -

Chrome reativa a extensão que mostra quem espionou seu Facebook

Chrome reativa a extensão que mostra quem espionou seu Facebook

Um plugin do Chrome que permite o usuário do Facebook saber quem andou mexendo no seu perfil está de volta.

Chamado de Facebook Flat, o plugin fez muito sucesso em 2015, porém, foi banido por pressão do Facebook.

Na atual versão, o desenvolvedor afirma que você terá acesso aos usuários que “provavelmente” acessaram o seu perfil, mas tudo indica que isto seja uma forma de despistar seu real objetivo, evitando o risco de não ser  banido novamente.

A interface do plugin mudou bastante, com palavras dando lugar a ícones coloridos.

O antigo “Profile Visitours” se transformou em um enorme binóculo, e a frase que antes dizia:  “pessoas que mais visitaram o seu perfil” foi trocada  por  “usuários que provavelmente visitaram o seu perfil e interagiram com você com mais frequência”.

Como já citamos anteriormente, o novo plugin não deixa claro sua função como um todo, dando margem a mais de um entendimento.

Rof Tentik, criador da extensão, revelou que a frase foi mudada por um pedido feito pelo Facebook para autorizar o plugin, e segundo Rof, agora está tudo esclarecido e não haverá problemas novamente.

Como usar?

O Google Chrome possui diversos plugins que podem ser baixados gratuitamente em https://chrome.google.com/webstore.

Após a instalação irá surgir um botão de liga e desliga no canto superior esquerdo do Facebook.

Quando o usuário for usar a extensão, basta ligá-la e automaticamente surgirá um binóculo no menu onde você poderá revelar quem anda vasculhando seu perfil.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Google fez proposta para comprar o Telegram

Google fez proposta para comprar o Telegram

 

Vazou na mídia internacional a informação de que o Google fez uma proposta de 1 bilhão de dólares para comprar o maior rival do WhatsApp, o Telegram.

Segundo as fontes que relevaram a tentativa do negócio, o CEO do Telegram, Pavel Durov, parece realmente acreditar na continuação do crescimento de seu aplicativo de bate papo, pois ele foi curto e grosso com Sundar Pichai, CEO da Google, informando-o que o negócio não teria a menor chance de evoluir.

Houveram rumores num passado recente, que o Google já havia tentando comprar o WhatsApp, antes de sua compra ser efetuada pelo Facebook.

Não é de hoje que a Google busca alternativas para criação de um novo aplicativo de bate papo, para entrar na briga com o WhatsApp e o Messenger, de Mark Zuckerberg.

Tudo indica que a Google busca a atualização, ou até mesmo a substituição do seu aplicativo Hangouts.

Há alguns meses citamos aqui no nosso blog, que a Google estaria investindo pesado na criação de um aplicativo de bate papo offline.

Algo parecido com o antigo SMS, porém, totalmente reformulado, com funções semelhantes ao WhatsApp e ao Telegram, entretanto, sendo seu uso debitado nos créditos de seu plano de internet móvel, junto sua operadora.

Ainda não se sabe se houve a desistência deste projeto, ou se ele pode surgir como uma surpresa a qualquer momento.

Enquanto aguardamos novidades, Mark Zuckerberg continua tranquilamente no topo, quando o assunto é bate papo em mídias sociais.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Facebook perto de perder sua hegemonia nas redes sociais

Facebook perto de perder sua hegemonia nas redes sociais

O facebook, apesar de ser uma empresa com poucos anos de vida, se tornou a rede social mais rica do mundo.

O jovem e talentoso Mark Zuckerberg, apesar da pouca idade, já é uma das pessoas mais ricas do planeta.

Desde a sua fundação, o Facebook nunca parou de crescer. O faturamento do inicio de 2016 triplicou em relação aos resultados do mesmo período em 2015, ou seja, é uma empresa que nunca ouvir falar em crise.

Mas pela primeira vez, outra mídia social está próxima de atingir o número de usuários do Facebook. O WhatsApp, que já conta com o número impressionante de um bilhão de usuários.

Se não bastasse toda a fortuna já adquirida por Zuckerberg com o Facebook, o jovem talento além de ser muito inteligente, mostrou-se um grande empreendedor, quando comprou os direitos do WhatsApp na época que o aplicativo começou a fazer sucesso.

Por este motivo que o empresário não está nem um pouco preocupado com o avanço de mais uma frente de seus negócios.

O WhatsApp, apesar do número semelhante de usuários, não chega nem perto no que diz respeito a receita, com relação ao Facebook, mas para Mark o WhatsApp garante um gigantesco banco de clientes espalhados por todo o mundo.

Além do Facebook, Zuckerberg possui o Messenger e o Instagram.

Nada mal não acham?

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Facebook Revela por Acidente o “Facebook Amarelo”

Facebook revela por acidente o “Facebook amarelo”

Zuckerberg havia preparado uma apresentação para falar sobre as novidades da nova ferramenta de vídeos ao vivo, o “Facebook Live, porém, de forma não intencional, acabou sendo revelado um Facebook com seu ícone amarelo.

Trata-se de uma versão beta e secreta do Facebook, para testar novos recursos e atualizações. É liberada para pouquíssimos usuários, com objetivo de testar a aceitação das novidades.

A principal mudança revelada é o formato da caixa “ No que você está pensando? “, que sendo confirmada sua atualização, passará a estar sempre na parte superior da timeline e do feed de notícias, independente da região que você estiver navegando. Ela estará imóvel na parte superior, e logo abaixo o rolo da página seguirá como sempre.

Quando você clicar na caixa que pergunta o que você está pensando, surgirá uma lista de opções, que são as publicações de fotos, textos ou vídeos.

Também será liberado a publicação de arquivos mp3 e slides.

Todas estas atualizações têm um simples objetivo. Como já havíamos citado anteriormente em outra matéria aqui no blog da Intermidia Brasil, o Facebook identificou uma grande queda nas postagens de cunho pessoal, por isto todo este esforço para fazer com que o índice destas postagens volte a crescer.

Zuckerberg deixou claro que nem todas as inovações apresentadas serão aplicadas de fato, pois algumas ainda dependem da aceitação nos testes, e outras serão aplicadas com o decorrer do tempo.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil.  Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Facebook se preocupa com a queda do número de postagens pessoais dos usuários

Facebook se preocupa com a queda do número de postagens pessoais dos usuários

Hoje em dia, todo negócio possui a necessidade de ser acompanhado de perto, de forma minuciosa, com o objetivo de não deixar os erros eventuais passarem despercebidos, a tempo de solucioná-los.

No Facebook não seria diferente. Há algum tempo, Zuckerberg identificou que os usuários da rede passaram a fazer menos postagens de cunho pessoal.

Podemos dizer que este fato é um efeito colateral do gigantesco sucesso e consolidação do Facebook. Segundo Mark, muitos dos usuários já possuem conta há anos, e com o passar do tempo adicionaram muitas pessoas, e estas não são do seu ciclo de amigos íntimos, fazendo o proprietário da conta pensar duas vezes antes de fazer um post que exponha sua vida pessoal.

Com o objetivo de reverter esta queda de posts, Mark criou algumas inovações. Uma delas é o recurso que recorda o que foi vivido há determinado tempo, chamado de “neste dia”, onde o Facebook seleciona uma foto que foi postada há exatamente um ano, ou mais anos, por exemplo. Ele também estimula postagens em datas especiais, como o dia das mães, páscoa, natal, entre outras.

Pesquisas realizadas pelo The Information – site americano especializado em tecnologia – revelaram que os posts pessoais caíram em torno de 21% nos últimos dois anos.

Foi lançado, nesta última semana, um novo recurso de vídeo em tempo real. Funciona da mesma forma que uma postagem de foto, porém, o usuário aciona a gravação do vídeo e já pode realizar sua postagem imediatamente. Obviamente mais uma estratégia do Facebook de tentar fazer voltar a crescer o número de posts, uma vez que as postagens representam lucro para a empresa.

Postagens para Listas

E você, reflete esse comportamento? Uma das principais alternativas é você criar listas específicas para distribuir seu conteúdo.

criar-listas-facebook.fw

Utilize o Seletor de Público para segmentar

Como funciona: quando você for postar algo extremamente pessoal – sua família, por exemplo – a opção é criar uma lista específica e colocar nela somente aquelas pessoas realmente mais próximas.

Todo conteúdo postado para essa lista, mesmo que compartilhado por alguns integrantes dela, sempre ficarão filtrados pela sua configuração de público inicial.
.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil.  Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

WhatsApp chat