Arquivos Facebook - Página 8 de 23 -

Facebook evita que justiça brasileira bloqueie seus serviços por 24 horas

Facebook evita que justiça brasileira bloqueie seus serviços por 24 horas

 

Foi por muito pouco que o Facebook não ficou fora do ar por 24h no brasil, devido a uma decisão de um juiz da Justiça Eleitoral brasileira de Santa Catarina.

Neste caso, Renato Roberge, juiz eleitoral de Joinville-SC, exigiu a exclusão de um perfil fake na rede social de Zuckerberg, e a identificação do IP do usuário que criou o perfil, onde era tirado sarro de Hudo Dohler, um dos candidatos a prefeitura da cidade. O perfil foi nomeado como “Hudo Caduco”.

Através de sua assessoria de imprensa, o Facebook divulgou: O Facebook tem profundo respeito pelas decisões da justiça brasileira e cumpriu a ordem judicial dentro do prazo estabelecido

O Facebook, que também é dono do WhatsApp, já teve diversos problemas com magistrados brasileiros de diversos estados, com relação aos direitos de privacidade do seu aplicativo de bate papo, e por experiência, já tem conhecimento que a justiça brasileira não brinca quando o assunto é direitos nas redes sociais.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Facebook anuncia versão light do Messenger

Facebook anuncia versão light do Messenger

As redes sociais vêm se preocupando em oferecer um bom serviço para os usuários que não possuem aparelhos com ótimas configurações de processamento e armazenamento de dados. Para isso, criam versões mais leves dos seus aplicativos, com o objetivo de não sobrecarregar estes smartphones.

Pensando neste grupo de consumidores, o Facebook, que há algum tempo já disponibiliza aos usuários o “Facebook Lite”, lançou nesta semana o “Messenger Lite”.

A nova versão do app de conversas do Facebook tem apenas 10 MB, e terá as principais ferramentas da versão tradicional.

A novidade está disponível para  Venezuela,Tunísia, Quênia, Malásia e Sri Lanka, mas em breve será liberada para demais países.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Facebook lança seu próprio serviço de compra e venda de produtos

Facebook lança seu próprio serviço de compra e venda de produtos

Sites como Mercado Livre e OLX estão em alta no Brasil. A desconfiança nos serviços oferecidos por estes tipos de páginas parece ter ficado para trás, e até pessoas idosas e com pouco conhecimento de internet e informática passaram a utilizar os sites de compra e venda.

A principal vantagem de realizar compras e vendas neste tipo de negócio são os preços competitivos, com relação às lojas físicas.

E como de costume, o Facebook sempre está atento às tendências de mercado, e anunciou o lançamento do “Facebook Marketplace”: sua nova ferramenta de compra e venda de produtos através de anúncios.

Já tem algum tempo que o Facebook busca que a venda de produtos ocorra dentro da rede social, de forma que o usuário não precise abrir novas janelas no seu navegador.

A nova ferramenta é muito semelhante ao Mercado Livre. O usuário não vai mais necessitar de grupos de compra e venda, pois seu anúncio será publicado na sua linha de tempo.

O princípio é muito simples. Basta configurar a região do anúncio, e quem quiser ver anúncios, basta clicar no botão da sacola de compras, que estará disponível no aplicativo do Facebook para smartphones. Não existe a necessidade do anunciante e do interessado serem amigos.

É possível filtrar sua busca de forma avançada, pré-definindo preço, local, categoria, entre outros detalhes.

A novidade já está em atividade nos EUA, Reino Unido, Austrália e Nova Zelândia, mas em breve demais países, inclusive o Brasil, também receberão a ferramenta.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Facebook messenger libera recursos para pagamentos através do aplicativo

Facebook messenger libera recursos para pagamentos através do aplicativo

 

O Facebook acaba de fechar uma parceria com as principais bandeiras de cartão de crédito com o objetivo de proporcionar a seus usuários pagamentos através do próprio aplicativo, e esta novidade já se encontra disponível na última atualização do app.

Em evento recém realizado nos EUA, o diretor David Marcus revelou que os serviços de Visa, MasterCard, American Express, Stripe, PayPal e Braintree já estão credenciados ao novo sistema.

Em abril, o Facebook já havia informado que começava a permitir a realização de pagamentos, mas o usuário ainda era redirecionado para uma nova página para efetuar a transação. A partir de agora, será possível efetuar pagamentos sem precisar sair do Messenger, tornando o serviço mais rápido e ágil.

O executivo afirmou que o Facebook deseja tornar o Messenger em uma ferramenta completa, que não tenha o único fim de conversas e troca de arquivos, mas que possua, além destas qualidades, utilidades que tornem prático o dia a dia do usuário, como a comunicação com as empresas e seus erviços.

David também revelou que a empresa irá aprimorar em breve os comandos de voz do aplicativo, mas ainda não existe previsão para lançamento destas atualizações.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Instagram passa a permitir que o usuário filtre os comentários inapropriados através de nova ferramenta

Instagram passa a permitir que o usuário filtre os comentários inapropriados através de nova ferramenta

O Instagram acaba de anunciar uma nova ferramenta, que permite ao usuário configurar que tipo de palavras que ele não deseja que sejam utilizadas nos comentários de suas postagens.

Este recurso já existia nos perfis de empresas desde julho, e agora passa a valer também para os perfis pessoais.

Portanto, a partir de agora, o usuário pode definir quais palavras-chaves serão vetadas nos comentários de suas postagens, sendo ocultadas automaticamente quando alguém vier a utilizá-las. Para definir suas palavras “proibidas” de forma customizada, basta acessar as configurações do aparelho, procurar pela opção “Comentários” e logo em seguida entrar na opção “Esconder Comentários Inapropriados”.

A rede social informou que quanto mais o Instagram cresce, maior é a necessidade dos usuários de se sentirem confortáveis para se expressarem de forma verdadeira e segura, e para isso que foi pensada a nova ferramenta de restrição nos comentários.

Infelizmente, ainda convivemos com pessoas racistas, preconceituosas e que não respeitam a opinião alheia, fatos que fortaleceram a ideia de criação da ferramenta.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

WhatsApp chat