Arquivos LinkedIn - Página 2 de 3 -

Linkedin: muito mais que uma ferramenta para procurar emprego

Linkedin: muito mais que uma ferramenta para procurar emprego

Com mais de uma década de existência, o Linkedin, que entrou no mundo das redes sociais de forma modesta, hoje em dia encontra-se mega consolidado, com 433 milhões de membros.

O Linkedin deixou de ser simplesmente uma ferramenta para buscar empregos,  tornando-se uma grande potência de vendas e marketing.

Obviamente, caso o seu objetivo seja buscar um novo emprego, ou selecionar um novo funcionário, você esta no lugar certo, contudo, pra quem ainda enxerga esta rede social exclusivamente como um “classificados” de empregos, está por fora de um grande leque de possibilidades que tem ao seu alcance.

O próprio Linkedin declarou que o objetivo para a segunda década de existência, será tornar-se uma espécie de mapa da economia digital, ligando seus participantes a todas as oportunidades de negócios.

Para tal feito ser alcançado, a rede social vem focando seus esforços em novos projetos:

 

Curso de formação online

Em 2015, o Linkedin investiu US$ 1,5 bilhões na compra do site de treinamento online Lynda.com, por identificar o potencial de venda do segmento de ensino.

Além de tomar posse de todo o conteúdo de treinamento do Lynda, o Linkedin pode complementar o acervo disponível com cursos de sua própria autoria.

Mercado freelance

Recentemente o Linkedin lançou seu novo serviço de profinder, e o crescimento apresentado está sendo bastante rápido.

Reconhecendo o grande sucesso de sites como o Fiver e o Upwork, percebeu-se que através do seu gigantesco banco de dados de profissionais, a rede social é capaz de mostrar rapidamente para o usuário, profissionais freelances capacitados para diversos tipos de serviços ou projetos.

Marketing de conteúdo

O Linkedin busca valorizar os usuários que utilizam de fato suas ferramentas, pois afinal de contas, o sucesso de uma rede social está totalmente ligado à necessidade que os seus membros possuem em utilizá-la.

Por isso, os usuários que buscam manter o conteúdo do seu perfil atualizado, como, por exemplo, com a postagem de links de blogs ou vídeos de treinamentos, acabam diferenciando seu perfil, e destacando-o naturalmente.

Ainda esta semana, a Microsoft anunciou a compra do Linkedin por US$ 26 bilhões.

Nada mal para uma rede social que por muitas vezes foi chamada de “chata” por parte da crítica do mercado digital.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Ampliando suas possibilidades de negócios com o LinkedIn

Ampliando suas possibilidades de negócios com o LinkedIn

Sem dúvida as mídias sociais surgiram para revolucionar nosso dia a dia. A maior e mais acessada atualmente é o Facebook, onde o usuário além de manter contatos com familiares e amigos, também pode criar uma página profissional, podendo desenvolver e aplicar estratégias de marketing para impulsionar seus negócios.

Entretanto, antes mesmo do nascimento do Facebook, cinco pessoas perceberam que poderiam criar uma rede voltada exclusivamente para negócios e oportunidades de carreira e empregos. A partir desta ideia, fundaram no ano de 2003 o Linkedin, que no primeiro ano já possuía em torno de 100 mil usuários. Já no ano seguinte atingiu a impressionante marca de 1 milhão de pessoas cadastradas.

Além dos “novos empregos”

Muita gente quando pensa no Linkedin associa a rede exclusivamente a novas oportunidades de negócios e empregos. Porém, seu potencial pode ser explorado de forma muito mais ampla como, por exemplo, buscar dicas e informações sobre como começar seu próprio negócio, manter-se informado sobre cursos e especializações no seu segmento, entre outras inúmeras possibilidades de utilização que sem dúvida nenhuma poderão agregar no seu conhecimento e ajudar no seu dia a dia.

Existem 3 tipos de contas. A mais comum é a conta pessoal, pois é gratuita. À frente dela estão a Premium Business, Premium Business Plus e a Pro. Obviamente, os planos possuem valores diferentes, cada um com suas vantagens e peculiaridades, cabendo ao assinante decidir qual plano deverá suprir suas necessidades de forma ágil. Você consegue comparar esses planos acessando este link.

Na prática, a forma de utilizar a ferramenta lembra muito o Facebook, o que você tem que atentar mesmo é para o tipo de conteúdo a ser compartilhado. Após criar a conta e personalizar o perfil com suas informações e foto, basta começar a convidar as pessoas, podendo enviar uma mensagem personalizada para cada uma delas no momento do convite. Com o passar do tempo você se sentirá mais familiarizado e saberá interpretar qual a melhor forma de utilização e analisar o seu desempenho.

Acompanhe nosso blog, diariamente postamos dicas e notícias!!! Cadastre-se na nossa newsletter para ficar por dentro de todas as novidades sobre marketing digital!!!

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil.  Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

0s 5 posts de marketing digital mais lidos de 2015

0s 5 posts sobre marketing digital mais lidos de 2015

Confira os textos mais visitados no último ano!

Pois bem, mais um ano se termina. No post de hoje trazemos aqueles conteúdos que mais foram acessados em 2015. Durante o ano, percorremos diversos assuntos, com variados conteúdos, abordando tudo o que envolve o marketing digital e as mudanças das diversas mídias que o compõem.

5º lugar: Atualização do Google prioriza sites com versão mobile

Já parou pra pensar quantas vezes você entra em sites de lojas virtuais, sites de veiculação de notícias ou até mesmo em sites de serviços e etc.? Muitas vezes! Não é mesmo!? Ler mais…

4º lugar: Blog: como construir credibilidade?

Escrever um blog ainda é uma ferramenta de marketing muito importante na internet. É uma ótima maneira de criação de links naturais. É, também, mais um importante meio para a construção de relacionamentos com entidades de autoridade na webesfera e desenvolver sua credibilidade online. Ler mais…

3º lugar: Postagens antigas em destaque no feed do Facebook

Você já notou que pela manhã, ao abrir o Facebook, postagens de páginas de até uma semana atrás aparecem em destaque no feed de notícias? Não? Pois é, melhor olhar com calma. Pois isso está ocorrendo com uma frequência cada vez maior. Ler mais…

2º lugar: Instagram como ferramenta de marketing

O Instagram é uma ferramenta única de marketing. A comunidade baseada em imagens permite que as pessoas se comuniquem pelas inesgotáveis possibilidades das fotos e dos vídeos, abrindo espaço para uma comunicação mais humanizada. Ler mais…

1º lugar: Instagram ou Snapchat? Veja as principais diferenças

Os dois programas de compartilhamento de fotos e vídeos tem um número grande de similaridades. Também por isso, competem ferrenhamente pela preferência do público. Os usuários se dividem entre as duas ferramentas. Ler mais…

Um grande abraço e um Feliz 2016!!!!

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil.  Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Dicas: melhore suas postagens no LinkedIn

LinkedIn: tornando suas postagens mais atraentes

Dê mais visibilidade à sua Company Page

O crescimento da importância do LinkedIn para o fortalecimento de uma marca tem se tornado cada vez mais presente e a própria mídia social tem se preocupado em oferecer soluções que aumentem a relevância das postagens das Company Pages. Para isso, lançou um pequeno guia em sua plataforma do Slideshare para garantir o maior alcance das publicações das empresas. Confira conosco!

Na hora de escrever uma postagem para a página da sua companhia, comece a pensar tal qual um jornalista. Faça um lead conciso e informativo e busque uma chamada de impacto, uma verdadeira manchete para o seu post. Essas duas atitudes tendem a gerar maior engajamento com a publicação.

Busque incluir de forma clara um call to action. Ou seja, algo que você gostaria que a pessoa fizesse com a sua postagem, seja clicar em um link ou baixar um material que esteja dentro de seu site. Lembre-se que é dobrado o percentual de engajamento de um post quando ele tem um link.

Iniciar diálogos pode ser uma forma super interessante de cativar seu público-alvo a interagir com a página de sua empresa. A melhor maneira de fazer isso é criar pequenas perguntas fomentando respostas das pessoas que você quer ver envolvidas na conversa. Uma pergunta objetiva é a melhor maneira de iniciar essa conversa.

Não pare na simples publicação de um texto. Enriqueça sua comunicação com rich media ou com uma imagem de destaque. Uma boa imagem tem a capacidade de alavancar a interatividade da postagem. Números do LinkedIn apontam que cresce em 98% o número de comentários em publicações que contenham imagens. Antes de publicar, verifique se a imagem aparece. Ao colocar links para conteúdo externo busque uma imagem relevante.

Outra maneira de incentivar o compartilhamento de suas atualizações é incluir vídeos do Youtube nas publicações. Os links para o Youtube giram dentro do feed de notícias do LinkedIn e, normalmente, resultam em uma taxa de compartilhamento 75% maior.

Conteúdo de qualidade e de fácil percepção

Foque nos conteúdos de rápida absorção e com bastante geração de conteúdo. Isso vai fazer com que os usuários queiram compartilhar as peças em suas redes.

Evite criar conteúdos muito segmentados, o que pode afastar parte do seu público-alvo. Não faça filtros em excesso. Vá testando para entender como funciona a sua audiência, busque misturar posts com conteúdo mais leve junto com publicações voltadas para o espectro informativo.

Para organizar melhor sua página, crie um calendário editorial para estruturar as publicações da suas Company Page. Com isso, será possível trafegar pelos diferentes tipos de postagens sem exagerar em um único tipo de conteúdo. Porém, não fique preso ao conteúdo definido pelo calendário. Saiba se posicionar em relação a eventos e acontecimentos importantes para o seu setor.

Envolva os usuários com comentários e monitore intermitentemente as interações com a sua página. Remova interações inadequadas. Trace um plano para reagir de maneira proativa com assuntos ligados ao atendimento ao cliente.

Acompanhe todas as métricas e informações a respeito do desempenho de suas postagens. Cuide a segmentação, tipos de conteúdo, horários que geram maior engajamento e número ideal de postagens por dia. Partindo das informações recebidas, você percebe o que deve continuar e o que tem de ser melhorado.

Utilize os Sponsored Updates para conseguir mais destaque para seu melhor conteúdo. Usar essa possibilidade permite um crescimento na obtenção de um público-alvo. Identifique seu conteúdo com melhor engajamento e promova para seus seguidores. O relatório do LinkedIn permite você acompanhar e aprimorar o desempenho de seu post patrocinado. Utilize bem essas informações.

Por último, não fique focado apenas nos dias úteis, muitos profissionais aproveitam o final de semana para acompanhar o LinkedIn!

 

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil.  Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

WhatsApp chat