Arquivos Mídias Sociais - Página 12 de 24 -

Telegram declara guerra ao WhatsApp

Telegram declara guerra ao WhatsApp

 

O WhatsApp acaba de comunicar a seus usuários que realizou mudanças. A partir de agora, o aplicativo vai compartilhar as informações dos usuários ao Facebook, fazendo com que este otimize o alvo de seus anúncios.

O app já vivenciou diversos episódios envolvendo a justiça, devido suas politicas de privacidade, em casos que se negou a disponibilizar informações de contas de usuários para investigações policiais, principalmente nos EUA e Brasil.

Há algum tempo, o aplicativo passou a criptografar todo o conteúdo de suas conversas,  utilizando este argumento como a justificativa de não fornecer informações de usuários envolvidos criminalmente com a justiça, relatando que ninguém seria capaz de descodificar seu conteúdo, nem ele próprio. Tal argumento parece bastante contraditório, afinal de contas, se nem mesmo o criador do WhatsApp consegue descodificar mensagens criptografadas, como será possível buscar informações pessoais dos usuários e passá-las ao Facebook?

Por meio de seu Twitter, o Telegram alfinetou o WhatsApp com a seguinte frase: “ao contrário de outros serviços, quando dizemos que não compartilhamos os seus dados com terceiros, nós realmente estamos falando sério”.

Há alguns meses atrás, postamos uma matéria aqui no blog da Intermidia Brasil, fazendo um comparativo entre o WhatsApp e Telegram, e o segundo ficou a frente do tradicional WhatsApp em diversos pontos.

Talvez esteja na hora dos usuários reverem seus conceitos, pois além do Telegram, que é um ótimo aplicativo, ainda existem outras boas opções para substituir o queridinho WhatsApp.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Poppin: o novo aplicativo brasileiro de relacionamento para eventos do Facebook

Poppin: o novo aplicativo brasileiro de relacionamento para eventos do Facebook

Dois brasileiros acabam de lançar o Poppin, um aplicativo com a finalidade muito semelhante ao Tinder, mas com um grande diferencial: o app é voltado somente para as pessoas que confirmaram presença em eventos criados no Facebook, diferente do sistema do Tinder, onde as pessoas se encontram através de um raio de distância pré configurados.

Ou seja, o usuário só irá conhecer pessoas que estarão presentes nos eventos que ele comparecerá, e quando duas pessoas se curtirem e houver uma combinação entre duas pessoas do evento, poderão conversar no bate papo reservadamente.

No caso do usuário não estar participando de nenhum evento no Facebook, o app lhe dará sugestões de eventos que estão acontecendo na sua cidade, para que ele possa começar a desfrutar do Poppin.

Segundo Guilherme Ebisui, CEO do Poppin, esta nova forma de se relacionar com pessoas através de um aplicativo será muito mais natural, afinal de contas, um evento como uma festa torna um encontro muito mais descontraído, até porque as pessoas já estariam nele de qualquer forma, e no caso de não sentirem empatia um pelo outro, cada um pode seguir seu caminho sem maiores desconfortos.

O app realiza parcerias com diversos eventos em São Paulo, Rio de Janeiro, Campo Grande e diversas outras cidades da região sudeste do país, mas em breve a empresa deve expandir para as principais cidades universitárias e capitais do Brasil.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Instagram lança no Brasil o seu perfil para empresas

Instagram lança no Brasil o seu perfil para empresas

 

O Instagram anunciou, nesta segunda-feira, que a qualquer momento, será liberado o seu perfil para empresas e suas novas ferramentas de negócios no Brasil. A novidade já foi lançada nos EUA, Nova Zelândia e Reino Unido, no final de julho.

Para ter acesso a novidade, a empresa precisa possuir uma página no Facebook, pois será solicitada no processo do cadastro, e ter pelo menos 100 seguidores no Instagram.

A novidade terá um botão, onde o visitante poderá clicar para efetuar uma ligação para o telefone de contato da empresa, enviar um mensagem de texto ou um e-mail e também poderá ser incluído o endereço físico.

O administrador da página também terá acesso a diversas ferramentas onde será possível avaliar os níveis de audiência, identificar os posts mais visualizados, entre diversas outras informações que irão ajudar a expandir os negócios através do Instagram.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Duo: o novo aplicativo do Google de chamadas por vídeo

Duo: o novo aplicativo do Google de chamadas por vídeo

Foi lançado pelo Google, nesta segunda-feira, o Duo, seu novo aplicativo de chamada por vídeo.

A empresa anunciou que o Duo é um aplicativo muito simples e funcional, e o seu diferencial é a promessa de não travar a transmissão do vídeo, mesmo que a internet utilizada seja muito lenta, ou até mesmo se ela reduzir sua velocidade durante a utilização.

Tal garantia foi declarada pela empresa, porque o aplicativo foi projetado para identificar as variações na velocidade da internet, e se necessário, ele diminui automaticamente a resolução do vídeo, com o objetivo de consumir menos sinal, e desta forma, mantendo a transmissão, sem interrupções.

O inovador recurso “Knock Knock” possibilita que a pessoa que está recebendo a ligação possa ver quem está ligando antes mesmo de atender a chamada.

As conversas são totalmente criptografadas, o que, relativamente, garante a segurança do aplicativo.

O Duo já está disponível para Android e iOS. Contudo, o Google informa que vai demorar algum tempo para o novo aplicativo estar disponível em todos os países.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Brasileiro cria aplicativo para negociação de imóveis semelhante ao Tinder

Brasileiro cria aplicativo para negociação de imóveis semelhante ao Tinder

Tendo consciência da crise instaurada no mercado imobiliário, e percebendo que não existia nenhum aplicativo de negociação de imóveis para uso exclusivo de vendedores e compradores, sem a existência de imobiliárias ou corretores, o brasileiro Felipe Jacinto tomou iniciativa e criou o App do Imóvel.

O aplicativo que tem como principal objetivo diminuir os custos com taxas de negociação, possui um sistema muito parecido com o Tinder, pois o vendedor e o possível comprador do imóvel só conseguem conversar se anteriormente tiver ocorrido o interesse mútuo no negócio.

Basta os interessados em vender algum imóvel anunciá-lo, e os interessados devem curtir o anúncio, para acontecer a “Match”, e iniciar a negociação.

Da mesma forma que não existe corretores e imobiliárias na negociação, a empresa responsável pelo App do Imóvel também não se envolve na negociação. É como se fosse uma espécie de classificados, e todos os custos da negociação são definidos pelas partes envolvidas.

A única ação do aplicativo, antes de aprovar o anúncio, é ligar para os proprietários e conferir se o imóvel não está sendo anunciado por uma imobiliária, para garantir que o princípio do aplicativo se cumpra na íntegra.

Segundo Jacinto, uma grande fatia das negociações no setor imobiliário são realizadas no boca a boca, e anda não existia um aplicativo para ajudar no encontro dos interessados.

Ele também comentou, que o conselho regional de corretores de um estado, repudiou a criação do aplicativo, alegando que somente com um profissional apto se pode realizar a negociação e todo o trâmite legal de forma segura.

Contudo, Felipe não concorda com tal posicionamento, e inclusive recomenda que os usuários avancem suas negociações com a ajuda de um advogado, afinal de contas, o aplicativo somente “apresenta” as duas pontas do negócio, e a responsabilidade após o início da negociação fica somente com os envolvidos.

A plataforma já possui 4800 mil imóveis cadastrados e 8 mil usuários. Inicialmente, o aplicativo realizava o cadastro médio de 3 imóveis por dia, e atualmente, já são realizados de 70 a 100 novos cadastros por dia.

O aplicativo é gratuito, e encontra-se disponível para Android e iOS, e já é estudada a possibilidade da utilização de anúncios no aplicativo.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

WhatsApp chat