Arquivos Mobile - Página 20 de 21 -

Atualização do Google prioriza sites com versão mobile

Alteração se dá em função do aumento do uso de dispositivos móveis

Olá leitor da Intermidia Brasil!

Já parou pra pensar quantas vezes você entra em sites de lojas virtuais, sites de veiculação de notícias ou até mesmo em sites de serviços e etc.? Muitas vezes! Não é mesmo!?

O Google sabe disto e está bem interessado e preocupado com esta evolução de acessos a sites por dispositivos móveis. Somente no ano passado, o acesso à lojas virtuais realizadas por dispositivos mobile cresceram mais de 200% só no Brasil!

Quem é mobilegeddon?

Por estas e outras, o Google esta preocupado em disponibilizar ao usuário uma ótima experiência mobile em suas buscas. Como já havia sido especulado muito em 2014, o gigante das buscas lançou a sua mais nova atualização: chamada por muitos de “mobilegeddon”. Esta atualização foi informada oficialmente pelo “Blog do Google para Webmasters”, sendo mencionada por muitos especialistas da área como a “bomba das atualizações” já realizadas até o momento pelo motor de busca.

Ele prioriza sites responsivos nas buscas. Ou seja: sites que se adaptam a várias telas de dispositivos móveis (celulares e tablets), além de proporcionar uma ótima navegação ao usuário, com textos apropriados a uma fácil leitura, elementos de toque bem divididos (opções de navegação do site) e páginas com auto-ajuste de tela. Em suma, uma fácil navegação no mundo mobile aos usuários que utilizam esta praticidade nos acessos do dia-a-dia.

Como descobrir se você esta sendo afetado

Para saber sua situação real, você pode analisar seu site em ferramentas que o próprio Google disponibiliza para descobrir se ele é compatível com dispositivos mobile e saber o que funciona e o que não funciona nessa versão.

Você pode acessar o “Google Webmasters Tools” e conferir se seu site está de acordo com as diretrizes. Confere aí!

Teste Google Webmasters Tools Sites responsivos

Você também pode utilizar esta ferramenta no link a seguir http://goo.gl/GOE0k5 e conferir se o seu site é compátivel com dispositivos móveis como na imagem abaixo!

GWT Teste Google Site Responsivo

Então, se você conferiu seu site com estas ferramentas disponibilizadas pelo Google e encontrou algum destes problemas, é melhor correr e começar a trabalhar em um site responsivo para seu negócio!

O gigante das buscas está afirmando, com todas as palavras, que sites responsivos (adaptáveis às mais variadas dimensões de tela) terão mais relevância nas buscas, bem como mais visibilidade pelo simples fato de estar adequado às novas diretrizes.

Porém, não é somente por causa dessa prioridade do Google que você deve fazer essa verificação e adaptação no seu site, mas também, pelo fato consolidado de que, ano após ano, exista cada vez mais pessoas acessando conteúdos por dispositivos móveis.

Quem não se adequar ao mercado acabará perdendo não somente bons pontos com o Google, mas perderá também, ótimas oportunidades no mercado por simplesmente estar andando para trás e não acompanhar as novidades do mundo online. 😉

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil.  Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

O poder das imagens e a publicidade online

.

Pinterest e Instagram apostam em publicidade online

Mídias sociais baseadas em imagens ganham publicidade

Depois do Instagram ter incorporado posts patrocinados em sua linha do tempo é a vez de outra rede social baseada em imagens aderir a publicidade online. O Pinterest passará a contar com conteúdo patrocinado e, logo de cara, já estão viabilizados contratos de patrocínio com grandes empresas, casos das gigantes da alimentação Nestlé e Kraft Foods. A inserção do Pinterest à publicidade nos faz ver a força que as imagens tem para propagar o nome de marcas e produtos nas mídias sociais. Uma imagem vale mil palavras e em tempos de caracteres contados a míngua, uma boa interação visual pode fazer milagres por sua marca. Nem todos os produtos ou marcas se encaixam com o perfil das mídias sociais de compartilhamento de imagens, que buscam um visual estético agradável para todos os usuários. Nessa situação, as imagens podem ser insuficientes para transmitir as ideias e valores de uma marca, dependendo de seu ramo de atuação. Mas fica claro que é grande o engajamento através de Instagram e Pinterest.

Publicidade no Pinterest e no Instagram

O Pinterest se destaca pelo seu público-alvo bem mais focado em mulheres, atingindo desde adolescentes até mulheres mais maduras, na casa dos 50 anos. Isso pode ser aproveitado para fazer campanhas específicas voltadas a rede social das imagens, permitindo uma maior aproximação com o público-alvo. Agora, ao adentrar essas redes sociais, é preciso analisar e forjar campanhas com forte apelo visual, que tornem sua marca única perante seus concorrentes, criando uma identidade visual vistosa e moderna. Vale lembrar que não é necessário investir em patrocínios para propagar sua marca online nessas ferramentas. O mais adequado para iniciar um investimento é criar um perfil corporativo e através dele tornar sua marca mais conhecida e bem recebida pelo público.

. Este tipo de publicidade é menos agressivo do que o que estamos acostumados  a visualizar pelas mídias tradicionais. Portanto, passível de trazer um resultado mais desejado e que acalente um relacionamento entre marca e cliente para além da simples aquisição de produtos, tornando-se parte do cotidiano das pessoas, o que fará seu produto ser lembrado espontaneamente pelo seu público-alvo. .

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil.  Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Livro “Marketing Digital: a internet otimizando negócios”

Livro Marketing Digital – atualizado!

Obra que aborda o marketing digital foi destaque na Feira do Livro de Porto Alegre

Oi gente!

Atualizando o post com o conteúdo novo do livro, pois foi revisado no final de 2016 com a segunda edição! Em 2018 teremos a terceira! =D

Para adquirir a versão impressa, basta clicar no link! =D

EM ESTOQUE

 

Livro Marketing Digital

Livro Marketing Digital

Prezados amigos,

Hoje escrevo para informá-los que lancei meu primeiro livro, no dia 08 de novembro de 2012, na 58ª Feira do Livro de Porto Alegre!

Na obra, proponho algo diferente do que estamos acostumados a ver nas leituras do nosso dia-a-dia. Não se trata nem de uma bíblia e nem mesmo de uma metodologia. É algo amplo e ao mesmo tempo direto. Faça o que está escrito que em pouco tempo terás resultados positivos! E é fato: escrevi apenas aquilo que já testei comigo. Houve erros, obviamente, mas esses erros e testes foram realizados comigo e, agora, trago até vocês esse resultado de muita leitura e trabalho.

Pense que o maior desafio para um micro e pequeno empresário sempre foi conquistar mais clientes.

No formato tradicional, você fazia isso pelo telefone, pelo porta a porta, esperava alguma indicação… você pode continuar, sim, com essas ações. Porém, agora tens uma grande aliada: a internet.

Minha proposta é mostrar que a presença na internet, com trabalho contínuo e disciplinado, pode lhe gerar frutos em pouco tempo. Mostrar tudo isto de forma simples, direta e precisa. Você não precisa ser um grande entendedor e especialista em internet para colher os frutos dessa leitura. O ambiente digital lhe proporciona isto.

Terás condições de, em poucos passos, estabelecer seu marketing e comunicação digital desde o desenvolvimento do site de forma prática, até o relacionamento em mídias sociais e prospecção de contatos comerciais via motores de busca.

Faremos uma abordagem ampla e, ao mesmo tempo, prática, a respeito de todas as alternativas que a internet apresenta e de que forma tirar proveito delas com o uso da presença ativa, responsável e influente.

Você pode adquirir meu livro de marketing digital acessando aqui, na loja virtual da Editora, ou entrando em contato comigo pelo Facebook ou Twitter! 🙂

 

Um abraço e até mais!

.

.

felipeFelipe A Pereira

Administrador de Empresas e fundador da Intermidia Brasil.
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Lento, aplicativo do Facebook para iPhone ganhará nova versão

Aplicativo do Facebook, rede social mais popular do mundo, tem péssima nota avaliativa na AppStore.

Segundo engenheiros citados pelo New York Times, um novo aplicativo do Facebook para iPhone será lançado muito em breve e promete corrigir pelo menos um dos principais problemas reportados pelos usuários, a lentidão.

São diversas as reclamações dos usuários, dentre as quais podemos destacar a falta da opção de compartilhamento de postagens, marcação de pessoas e demora no carregamento das ações.

A explicação dos desenvolvedores para a lentidão é que a tecnologia de programação utilizada é baseada em HTML5, o que significa que cada acesso novo que o usuário faz no telefone é uma nova página a ser baixada e carregada. O novo aplicativo não mudará praticamente em nada a questão visual, porém o tornará mais rápido. O Facebook não se pronunciou sobre essa questão.

Aplicativos para dispositivos móveis: Facebook vs. Google+

Aqui deixo uma opinião bastante pessoal: o Facebook está atrás – e muito – do Google+ em termos de experiência de usuário, e não me refiro nem à versão web. Nós, enquanto empresa de internet e tecnologia, precisamos conhecer, analisar e avaliar tudo que surge no  meio digital e temos acompanhado o Google+ desde seu nascimento.

Lentidão do aplicativo do Facebook para iPhone irrita usuários

Não foi muito difícil eu capturar um print da tela do iPhone para demonstrar sua lentidão.

Depois de publicada notícia sobre o usuário do Google+ ser mais satisfeito que o do Facebook, me impressiona a diferença na experiência quando se utiliza os aplicativos de Google+ e Facebook. Aparentemente mais moderno, as vantagens do Google+ não são apenas visuais: opções de compartilhamento, a marcação com o +1, o carregamento, o efeito de novas postagens… realmente um belo aplicativo, que vai agradar, com certeza, cada vez mais pessoas e fará com que a rede social da gigante das buscas ganhe mais forças ainda. Já o do Facebook é isso aí… usuários insatisfeitos e um aplicativo totalmente lerdo e com problemas de carregamento. Conversando com amigos, colegas e familiares, percebi uma opinião bastante comum: a desistência, muitas vezes, em postar ou comentar postagens de amigos justamente pela lentidão.

Você utiliza algum desses aplicativos no seu celular? Conte-nos a sua experiência! 🙂

Por Felipe Pereira
.
Administrador de Empresas e Fundador da Intermidia Brasil.
>
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Facebook redimensiona fotos no feed de dispositivos moveis

Muitas pessoas devem estar cansadas de interromper a leitura no seu feed de notícias para abrir e carregar fotos interessantes de seus amigos. Esse processo, normalmente nas conexões dos dispositivos móveis, causa lentidão e prejudica a navegação.

As fotos postadas por seus amigos, agora, aparecerão no seu smartphone muito parecidamente com as do Instagram na versão web. Ficarão cerca de 3x maiores e, consequentemente, com uma visibilidade consideravelmente melhorada.

A alteração é válida tanto para o aplicativo desenvolvido para iOS como para Android.

Segundo o site TechCrunch, essa manobra do Facebook visa manter seus usuários mais tempo navegando na rede social através de seu smartphone, o que viabilizaria uma intensidade maior nas publicidades para mobile. No formato anterior, a dificuldade e lentidão para visualização de fotos estava contribuindo para que os usuários ficassem menos tempo conectados através do aparelho celular.

Veja nas imagens o antes e o depois:

feed de dispositivos móveis

Muito em razão deste desgaste que as versões  anteriores apontavam, o Facebook remodelou seu aplicativo, onde agora basta um único toque para curtir ou iniciar o comentário a ser postado em alguma publicação de amigos. Antes, essas opções eram acessadas através de um botão de sinal “+”.

Parece que estamos diante de uma ação de aproximação entre as fotos do Facebook com as do Instagram, onde nunca houve este tipo de problema, pois as fotos postadas através dele sempre aparecem no formato ideal para a tela tanto no smartphone quanto no navegador do computador.

 

Com informações TechCrunch.

WhatsApp chat