Arquivos Mobile - Página 21 de 21 -

Facebook – Anúncios em breve também nos dispositivos móveis

dispositivos móveis

O falatório em torno do Facebook nas últimas semanas tem sido grande. Não satisfeita, a gigante das redes sociais resolveu dar mais uma chacoalhada nas coisas, com a introdução de anúncios pagos nos dispositivos móveis, que deverá acontecer ao longo das próximas duas semanas.

O Facebook já havia dito que colocar anuncios de “histórias patrocinadas” – onde as marcas pagam para se destacar nas interaçoes das pessoas e destas com seus amigos – nos dispositivos móveis era um possível passo a ser tomado pela empresa.

Em sua apresentação de IPO (Oferta Pública Inicial) na semana passada, O Facebook afirmou aos seus potenciais investidores que a falta de uma receita significativa vinda de dispositivos móveis, usados por metade dos 800 milhões de usuários, poderia afetar negativamente sua entrada de receita, a medida que mais e mais usuários começam a usar dispositivos móveis em vez de PCs para se conectar.

O grande desafio para o Facebook será encontrar o equílibrio entre satisfazer seus futuros acionistas com um rápido crescimento de sua receita, e seus fiéis usuários, que a julgar pelas reações às mudanças anteriores, podem ser resistentes a ideia de serem bombardeados por publicidade em seus PCs e agora também em seus dispositivos móveis.

Se bem que com seus 800 milhões de usuarios, é praticamente impossível fazer mudanças sem prejudicar alguma parte.
O que a empresa precisa descobrir é a melhor maneira de incorporar os anúncios sem estragar a experiência de uso.

A pequena tela simplificada causa grandes dores de cabeça para o Facebook que, se criar a formula correta, terá descoberto uma mina de ouro!

Oi permite atualizar redes sociais, “Facebook e Twitter” por SMS e voz

Facebook e Twitter

Operadora lança dois serviços para aumentar portfólio de ofertas com foco em canais como Facebook e Twitter e auxiliar consumidores a se manterem conectados

.

A Oi lança dois serviços para auxiliar os consumidores a se manterem conectados nas redes sociais e aumentar o seu portfólio de ofertas com foco nos canais. Com o Facebook SMS, o usuário pode atualizar seu status no site via torpedo de celular e receber alertas sempre que alguém publicar algo no seu mural ou comentar seu post. Para utilizar a ferramenta, basta habilitar o serviço na página do Facebook na web em configurações de conta/celular. A atualização do status é feita pelo envio de SMS, sendo cobrado o valor de R$ 0,31 mais tributos, enquanto as mensagens recebidas não são tarifadas.

Outra novidade é o serviço Post de Voz, que permite ao usuário atualizar seu mural no Facebook ou Twitter com mensagens de voz de até dois minutos, enviadas pelo Oi móvel. Os interessados podem se cadastrar no site até o dia 31 de janeiro para utilizar a ferramenta gratuitamente.

.

Fonte: mundodomarketing.com.br

Metade dos acessos ao e-mail corporativo será móvel até 2016.

e-mail corporativo será móvelEstudo diz também que até 2015 o desenvolvimento de apps móveis superarão os de PCs a uma taxa de quatro para um.

O Gartner divulgou nesta terça-feira, 3, suas previsões para os próximos anos na área de tecnologia da informação no mundo.
Entre os principais prognósticos dos analistas do instituto de pesquisa, está o de que até 2016 pelo menos 50% dos usuários de e-mail corporativo dependerão primariamente de um smartphone, tablet ou outro dispositivo móvel para acessar o serviço, ficando a outra metade para a conexão via desktop.

Ainda de acordo com o estudo, até 2015 os projetos de desenvolvimento de aplicações voltadas para smartphones e tablets superarão os projetos nativos de PCs a uma taxa de quatro para um.

.

Nuvem

A comunicação pela nuvem (cloud computing) também crescerá muito, segundo o Gartner. Até 2015, os serviços de nuvem de baixo custo canalizarão até 15% do faturamento das maiores empresas.

E, para quem pensa que há grande risco de segurança no armazenamento de dados importantes na nuvem, até o final de 2016 mais de 50% das companhias do ranking Global 1000 terão estocados os dados confidenciais dos clientes na nuvem pública.

Isso fará com que, nos próximos três anos, seja incluída nos preços de 80% dos serviços de nuvem uma sobretaxa referente ao gasto de energia.

.

Fonte: http://exame.abril.com.br

WhatsApp chat