Arquivos Twitter -

Após cogitar cobrança de mensalidade, Twitter decide permanecer com serviço gratuito

Após cogitar cobrança de mensalidade, Twitter decide permanecer com serviço gratuito

Há algum tempo atrás, Jack Dorsey, cofundador e atual CEO do Twitter, reconheceu que existia uma possibilidade de ser cobrado um valor de mensal para os usuários terem acesso a recursos exclusivos para assinantes.

Contudo, o diretor financeiro da empresa, Anthony Noto, afirmou na semana passada que foi descartada a ideia de cobrar pela utilização plena da rede social, mas reconheceu que o serviço do Tweetdeck pode passar a ser cobrado para continuar existindo.

“O Tweetdeck pode ser uma oportunidade para adicionarmos diversos serviços premium e desenvolver uma fonte de renda por meio de assinaturas. Mas estou realmente confiante de que a proposta de valor que entregamos aos anunciantes é mais forte do que nunca atualmente”

O CEO, Jack Dorsey afirmou que o Twitter tem seu papel com a sociedade, e que todos devem ter acesso à rede social, independente de classes sociais e poder econômico.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Inspirado nos trending topics do Twitter, Facebook lança novo recurso

Inspirado nos trending topics do Twitter, Facebook lança novo recurso

O “trending topics” do Twitter é um recurso de sucesso, muito utilizado por seus usuários para identificar quais são os assuntos mais discutidos no país e no mundo.

Nos últimos tempos, o Facebook passou a copiar idéias e recursos de seus concorrentes, em especial o Snapchat, e por isso não nos surpreenderia mais se novas cópias voltassem a surgir nas redes sociais de Mark Zuckerberg.

Tudo indica que foi inspirado no Twitter que Zuckerberg lançou na sua principal rede social o Latests Conversation, um recurso muito semelhante ao famoso trending topics do rival.

A novidade foi inserida no campo de buscas do Facebook, mostrando os assuntos mais comentados no momento , como “reforma trabalhista” ou “ataques militares de Donald Trump, trazendo uma seleção de postagens que tratam desses assuntos.

Muito semelhante ao Twitter, no Latest conversations existe um contador em tempo real para acompanhar quantas pessoas estão fazendo postagens com referência ao determinado assunto.

O novo recurso está ativo em esfera global, ou seja, mesmo que o assunto em questão não seja referente ao seu país ou não esteja sendo comentado na sua língua, ainda sim estará presente para o usuário.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Twitter passa a não considerar o nome do usuário no limite de 140 caracteres nas respostas dos posts

Twitter passa a não considerar o nome do usuário no limite de 140 caracteres nas respostas dos posts

Já faz algum tempo que o Twitter anunciou que estava estudando a possibilidade de aumentar o limite de caracteres nas respostas feitas nas postagens. Finalmente, a partir de agora, quando o usuário responder alguma postagem, o número de caracteres do seu nome não será considerado. A novidade já está ativa para Android, iOS e na versão Web.

Pode até parecer uma alteração insignificante, mas todo mundo, pelo menos uma vez, já foi obrigado a alterar o tamanho de uma resposta por ter ultrapassado um pequeno número de caracteres, principalmente os usuários que possuem o nome muito grande.

Com a mudança, o nome do usuário será visualizado sempre abaixo da resposta.

“Nosso trabalho não está finalizado. Vamos continuar a pensar em como melhorar as conversas e tornar o Twitter mais fácil de usar”, explicou Reddy.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Twitter anuncia lançamento da ferramenta Moments Analytics

Twitter anuncia lançamento da ferramenta Moments Analytics

 

Na terça-feira passada, foi liberada pelo Twitter uma nova ferramenta para ser utilizada integrada ao Moments. Batizada de “Moments Analytics”, o novo recurso permitirá aos usuários realizarem uma avaliação mais criteriosa da audiência de suas postagens.

Ao acessar a aba “Meus Moments”, o usuário terá acesso à informações como o número total de visualizações, o número de usuários que acessaram o conteúdo, a quantidade de likes e compartilhamentos, e até mesmo informar quantos usuários assistiram o conteúdo até o final.

“As métricas que estamos disponibilizando agora vão ajudar os usuários, influenciadores, marcas e veículos de comunicação a entender melhor suas estratégias de uso e, assim, a extrair o máximo da ferramenta”, disse Leonardo Stamillo, diretor editorial do Twitter na América Latina.

Segundo Stamillo, o Twitter oferece treinamentos para os parceiros de conteúdo, mas todos podem ter uma boa noção das melhores práticas do novo recurso seguindo a conta @MomentsBrasil.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

YouTube libera recurso de transmissão ao vivo

YouTube libera recurso de transmissão ao vivo

Todo mundo sabe que o YouTube é o pioneiro se tratando de reprodução de vídeos pela internet. Contudo, Facebook, Instagram e Twitter passaram a disponibilizar o recurso de transmissão ao vivo, gerando concorrência para o YouTube, que percebendo a ameaça liberou o recurso de transmissões ao vivo na última semana.

A nova ferramenta não poderá ser utilizada por qualquer usuário como nas demais redes sociais citadas. Para realizar a transmissão será necessário possuir um canal com pelo menos 10 mil inscritos.

Além das transmissões, o Google também liberou o chamado “Super Chat”, que permitirá que os usuários paguem para o canal para que seus comentários sejam visualizados destacados dos demais e apareçam sempre no topo do chat. Essa opção está disponível apenas em 20 países inicialmente, e o valor a ser cobrado será definido pelo próprio administrador do canal.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

WhatsApp chat