Arquivos Whatsapp - Página 6 de 6 -

Justiça brasileira bloqueia o WhatsApp por 72 horas

Justiça brasileira bloqueia o WhatsApp por 72 horas

Um juiz sergipano, da cidade de Lagarto, determinou o bloqueio do aplicativo WhatsApp, hoje, 2 de maio, a partir das 14h, em todo o território nacional.

Trata-se do mesmo juiz que prendeu o vice-presidente do Facebook na america latina, em março deste ano.

O magistrado alega que o WhatsApp não colaborou nas investigações da policia federal com crimes relacionados ao tráfico de drogas em sua comarca, em que os traficantes mantinham conversas através do aplicativo.

As operadoras de telefonia móvel do país foram intimadas a cumprir a ordem de bloqueio, e o não cumprimento levará a aplicação de uma multa de 500 mil reais por dia.

Esta é uma questão que dividiu muitas opiniões. Tudo começou quando a Apple não colaborou com o desbloqueio de um Iphone de um terrorista que cometeu um atentado nos EUA.

A maior preocupação da Apple,e agora também do WhatsApp, é que futuramente qualquer caso na justiça, independente de sua relevância, ganhe o direito de quebra de sigilo por parte das empresas prestadoras de serviços, o que poderia causar uma grande confusão no futuro.

O WhatsApp passou a criptografar todas as mensagens de seus usuários; ou seja: nem mesmo a própria empresa criadora do aplicativo seria capaz de desvendar a mensagem após criptografada, fato que, em tese, solucionaria o problema do WhatsApp, em ter a obrigação de liberar conteúdo de determinada conversa.

Agora nos resta esperar e ver como será o desenrolar desta história.

Enquanto isso, os usuários migram para o Telegram e outros aplicativos de bate papo, para não perder a comunicação com seus contatos.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Google fez proposta para comprar o Telegram

Google fez proposta para comprar o Telegram

 

Vazou na mídia internacional a informação de que o Google fez uma proposta de 1 bilhão de dólares para comprar o maior rival do WhatsApp, o Telegram.

Segundo as fontes que relevaram a tentativa do negócio, o CEO do Telegram, Pavel Durov, parece realmente acreditar na continuação do crescimento de seu aplicativo de bate papo, pois ele foi curto e grosso com Sundar Pichai, CEO da Google, informando-o que o negócio não teria a menor chance de evoluir.

Houveram rumores num passado recente, que o Google já havia tentando comprar o WhatsApp, antes de sua compra ser efetuada pelo Facebook.

Não é de hoje que a Google busca alternativas para criação de um novo aplicativo de bate papo, para entrar na briga com o WhatsApp e o Messenger, de Mark Zuckerberg.

Tudo indica que a Google busca a atualização, ou até mesmo a substituição do seu aplicativo Hangouts.

Há alguns meses citamos aqui no nosso blog, que a Google estaria investindo pesado na criação de um aplicativo de bate papo offline.

Algo parecido com o antigo SMS, porém, totalmente reformulado, com funções semelhantes ao WhatsApp e ao Telegram, entretanto, sendo seu uso debitado nos créditos de seu plano de internet móvel, junto sua operadora.

Ainda não se sabe se houve a desistência deste projeto, ou se ele pode surgir como uma surpresa a qualquer momento.

Enquanto aguardamos novidades, Mark Zuckerberg continua tranquilamente no topo, quando o assunto é bate papo em mídias sociais.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Facebook perto de perder sua hegemonia nas redes sociais

Facebook perto de perder sua hegemonia nas redes sociais

O facebook, apesar de ser uma empresa com poucos anos de vida, se tornou a rede social mais rica do mundo.

O jovem e talentoso Mark Zuckerberg, apesar da pouca idade, já é uma das pessoas mais ricas do planeta.

Desde a sua fundação, o Facebook nunca parou de crescer. O faturamento do inicio de 2016 triplicou em relação aos resultados do mesmo período em 2015, ou seja, é uma empresa que nunca ouvir falar em crise.

Mas pela primeira vez, outra mídia social está próxima de atingir o número de usuários do Facebook. O WhatsApp, que já conta com o número impressionante de um bilhão de usuários.

Se não bastasse toda a fortuna já adquirida por Zuckerberg com o Facebook, o jovem talento além de ser muito inteligente, mostrou-se um grande empreendedor, quando comprou os direitos do WhatsApp na época que o aplicativo começou a fazer sucesso.

Por este motivo que o empresário não está nem um pouco preocupado com o avanço de mais uma frente de seus negócios.

O WhatsApp, apesar do número semelhante de usuários, não chega nem perto no que diz respeito a receita, com relação ao Facebook, mas para Mark o WhatsApp garante um gigantesco banco de clientes espalhados por todo o mundo.

Além do Facebook, Zuckerberg possui o Messenger e o Instagram.

Nada mal não acham?

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Telegram começa a preocupar o concorrente WhatsApp

Telegram começa a preocupar o concorrente WhatsApp

O Telegram é o concorrente direto do tradicional WhatsApp. Apesar da gigantesca distância do número de usuários entre os dois aplicativos, o Telegram passou a causar certo incômodo a Zuckerberg, pois o app atingiu a impressionante marca de 100 milhões de usuários ativos; pouco, perto dos 900 milhões do WhatsApp, mas suficiente para ligar o sinal de alerta do concorrente.

A seguir iremos realizar uma avaliação comparativa dos aplicativos e ajudaremos você a decidir qual o melhor app para determinado perfil de usuário.

Armazenamento

Esta é a principal vantagem do Telegram perante o rival. Enquanto o WhatsApp armazena todo seu conteúdo na memória do aparelho, o Telegram armazena seus dados totalmente em nuvem, desafogando a memória do smartphone e tornando seu funcionamento mais leve e rápido.

Muitas pessoas possuem aparelhos com baixa capacidade de armazenamento e, para elas, sem dúvida o Telegram é indiscutivelmente a escolha mais inteligente.

Outro fator relevante no Telegram com relação ao armazenamento em nuvem é a segurança dos seus dados em caso de perda, furto ou roubo do aparelho, enquanto no WhatsApp, o ladrão poderá ter acesso a todos seus dados pessoais, caso seu aplicativo não tenha uma senha configurada.

Detalhes diversos

Percebemos algumas vantagens interessantes no Telegram, como adicionar animações em GIF e a adição de stickers a conversa.

Muito relevante é o fato do Telegram permitir o envio e recebimento de arquivos em mais de um formato, que são em PDF, DOC (Word) e XLS (Excel). No WhatsApp foi liberado na última atualização somente o formato PDF.

O WhatsApp possui uma grande utilidade, que é a chamada por áudio. Todavia, ela nem sempre funciona perfeitamente devido a qualidade do sinal da internet no momento da ligação. Por fim, chegamos a conclusão que o Telegram se mostra um aplicativo mais rápido e mais leve, compartilha quase todos formatos de arquivos e é mais seguro por seu armazenamento em nuvem.

Infelizmente as pessoas criam um apego às marcas lideres e muitas vezes deixam de conhecer um serviço de melhor qualidade por puro comodismo. De qualquer forma é valido ter instalados os dois aplicativos, variando o tipo de público com quem você se relaciona nesse tipo de aplicativo.

Fique ligado no blog da agência Intermidia Brasil: novos textos todos os dias! =D
.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil.  Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Grupos do WhatsApp suportam até 256 pessoas

Grupos do WhatsApp suportam até 256 pessoas

A nova atualização do WhatsApp traz uma interessante novidade para seus usuários. A partir de agora os grupos do aplicativo passam a suportar até 256 pessoas.

Inicialmente a novidade será aplicada nos smartphones com Android e iOS, e logo em seguida, para Blackberrys e Windows Phones.

Tudo indica que a iniciativa foi tomada pensando nas empresas, que utilizando os grupos com maior capacidade, podem manter um contato mais próximo com seus clientes, podendo otimizar a avaliação de seus feedbacks e também informa-los de novidades.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil.  Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

WhatsApp chat