Descubra o que é um ransomware e entenda o grande ataque realizado por hackers no último final de semana -

Descubra o que é um ransomware e entenda o grande ataque realizado por hackers no último final de semana

Descubra o que é um ransomware e entenda o grande ataque realizado por hackers no último final de semana

Desde a última sexta-feira, foram registrados mais de 200 mil ataques hackers espalhados ao redor do mundo. Esse tipo de crime  é muito comum hoje em dia, mas nessas proporções, em um tão curto espaço de tempo, ainda não tinha sido registrado.

Mas afinal, o que são os “ransomwares”?

São programas criados por pessoas má intencionadas (hackers), que conseguem criptografar o conteúdo dos arquivos de um computador, tablet ou smartphone. O hacker utiliza alguma estratégia para infectar o sistema da vítima com um arquivo, e a partir deste momento o computador passa a ficar totalmente vulnerável a criptografia dos criminosos. O programa também consegue infectar modems e roteadores.

A grande sacada usada nesse novo golpe é que os criminosos procuram infectar e criptografar o conteúdo de computadores de grandes organizações, empresários e até mesmo pessoas físicas comuns, e depois pedem um valor de resgate para o usuário obter de volta o seu conteúdo descriptografado.

Outra grande vantagem que os criminosos possuem é que esse tipo de programa não é um vírus e não pode ser localizado pelos programas antivírus, e normalmente os computadores são infectados ao clicar em links com algum atrativo, e em questão de segundos infectam o sistema do usuário, permitindo o desenvolvimento do golpe.

Batizado de WannaCry, o ramsonware do momento afetou milhares de sistemas pelo mundo, e utiliza uma falha no sistema do Windows para invadir os computadores. A mais afetada até o momento foi a empresa de telefonia espanhola Telefônica.

Após criptografar o sistema, o programa abre uma tela no computador infectado explicando o que foi feito e obrigando a realização de um pagamento através de moeda virtual (bitcoins). Caso o pagamento não seja efetuado no prazo determinado, todos os dados serão eliminados em definitivo.

O continente mais afetado foi a Europa. Além da Telefônica, outras empresas como Vodafone, Iberdrola e Gás Natural também foram afetadas. O Reino Unido teve o seu serviço de saúde pública invadido, tendo sérios problemas de TI com todo seu sistema de atendimento derrubado.

Os especialistas recomendam que se mantenha sempre atualizado o sistema operacional. O Windows já possui uma defesa contra o WannaCry desde 14 de março.

Após os ataques em massa a Microsoft liberou a atualização para sistemas antigos como os Windows XP e Windows 8, que já perderam suporte há algum tempo.

Posts Relacionados