Ministro volta atrás e diz que não haverá mudanças na internet banda larga brasileira -

Ministro volta atrás e diz que não haverá mudanças na internet banda larga brasileira

Ministro volta atrás e diz que não haverá mudanças na internet banda larga brasileira

 

Após declarar publicamente que a internet banda larga limitada iria finalmente entrar em cena no segundo semestre de 2017, o ministro Gilberto Kassab voltou atrás em apenas um dia, e declarou através da assessoria de imprensa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) que não irão ocorrer mudanças como a recém havia informado.

As declarar publicamente que a internet banda larga fixa limitada seria melhor para os usuários, muita gente se revoltou, e formou-se uma onda de manifestações pelas redes sociais repudiando o posicionamento de Kassab.

Um famoso grupo hacker brasileiro não se conteve e mandou seu recado:” Não se atrevam a acabar com a internet ilimitada!”, fora a indignação de muitos usuários.

A Anatel manifestou-se afirmando que o ministro cometeu um erro com suas declarações anteriores.

Confira abaixo a nota oficial publicada pelo MCTIC:
“O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) reforça o compromisso do governo federal em atuar para que o direito do consumidor seja respeitado e garantido. O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, esclarece que não haverá mudanças no modelo atual de planos de banda larga fixa, reiterando seu compromisso em atender o interesse da população e do consumidor”

 

 

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Posts Relacionados