Arquivos Brasil -

Brasil está no topo dos países mais caros para compra de produtos eletrônicos

Brasil está no topo dos países mais caros para  compra de produtos eletrônicos

Uma recente pesquisa revelou que o Brasil está entre os cinco países mais caros do mundo para comprar produtos eletrônicos.

É muito comum entre os brasileiros deixar pra investir em notebooks, videogames e smartphones quando viajam para o exterior, aproveitando os preços absurdamente mais em conta.

Os outros quatro países presentes na nada honrosa lista são Angola, Brunei, Guatemala e Venezuela.

Segundo o levantamento “Technology Price Index”, do Portal Linio, a Venezuela é o país mais caro do mundo quando o assunto é compra de produtos eletrônicos, e essa liderança se explica pelo fato do país estar vivendo uma crise com a hiperinflação e a disparidade cambial.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

92,1% dos acessos à internet nas residências brasileiras são feitos por smartphones

92,1% dos acessos à internet nas residências brasileiras são feitos por smartphones

A venda de notebooks e desktops caiu bastante nos últimos anos, e o motivo desse declínio é evidente: a evolução da tecnologia dos smartphones tornaram celulares em potentes “computadores de bolso”, tornando o uso do computador, que antes era fundamental,  opcional, dependendo da tarefa a ser realizada.

O IBGE revelou, na última quinta (22), através de sua Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, que 92,1% dos brasileiros que utilizam a internet em suas residências  acessam através de seus smartphones.

O acesso através de tablets nos lares brasileiros correspondeu a 21,1%, enquanto o acesso por smartvs ficou em 7,5%.

“Quando a gente abre estes dados pelas grandes regiões, até 2014 nas regiões Sul e Sudeste ainda era superior o acesso por microcomputador. Em 2015 isso se reverte e a proporção passa a ser maior com o acesso por meio de outros aparelhos. As demais regiões já tinham feito essa reversão em 2014”, salientou Helena Oliveira, analista do IBGE.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Pesquisa revela que 73% dos brasileiros têm o desejo de abandonar as redes sociais

Pesquisa revela que 73% dos brasileiros têm o desejo de abandonar as redes sociais

Segundo a empresa de segurança Kaspersky Lab., a maior parte dos brasileiros possui o desejo de abandonar as redes sociais, principalmente o Facebook e Instagram.

A pesquisa revelou que mais de 73% dos usuários desejam em algum momento abandonar as redes sociais por considerarem uma perda de tempo este hábito.

Contudo, 21% desses usuários não se encorajam em abandoná-las por terem medo de perder suas recordações armazenadas nas mesmas, e 68% dos usuários declararam que não abandonam pelo fato de acharem que o contato com os amigos será prejudicado com tal decisão.

Pensando em uma solução para essas pessoas, a Kaspersky vem desenvolvendo um aplicativo, com lançamento previsto para 2017, que irá realizar o backup de todo o conteúdo das redes sociais em um contêiner criptografado.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Brasil passa a marca de 100 milhões de internautas

Brasil passa a marca de 100 milhões de internautas

 

O IBGE divulgou, na última sexta-feira, os números de uma pesquisa de Amostra de Domicílios (Pnad).

A pesquisa revelou que o número de acesso a internet cresceu 7,1% no país, superando o número de 100 milhões de internautas, com 102 milhões de pessoas com acesso à web em 2015.

As regiões que obtiveram o maior crescimento foram o Sudeste, o Centro-Oeste e o Nordeste, com aumentos de 8,7%, 8,4% e 8,7%, respectivamente.

A faixa etária que mais utilizou a internet foi a dos adolescentes, e a faixa que mais cresceu de fato foi a das pessoas com 40 a 50 de idade ou mais.

Apesar do crescimento do consumo de internet, o número de residências com computadores diminuiu com relação ao ano anterior, com uma diminuição de 3,4% de lares equipados com notebooks ou desktops.

Sem dúvidas, com o crescimento do mercado dos smartphones, que possuem ótima funcionalidade e telas razoavelmente grandes, muitos usuários perderam o hábito diário de utilizar seu computador, fato que justifica a queda no consumo e nas vendas de computadores.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Facebook evita que justiça brasileira bloqueie seus serviços por 24 horas

Facebook evita que justiça brasileira bloqueie seus serviços por 24 horas

 

Foi por muito pouco que o Facebook não ficou fora do ar por 24h no brasil, devido a uma decisão de um juiz da Justiça Eleitoral brasileira de Santa Catarina.

Neste caso, Renato Roberge, juiz eleitoral de Joinville-SC, exigiu a exclusão de um perfil fake na rede social de Zuckerberg, e a identificação do IP do usuário que criou o perfil, onde era tirado sarro de Hudo Dohler, um dos candidatos a prefeitura da cidade. O perfil foi nomeado como “Hudo Caduco”.

Através de sua assessoria de imprensa, o Facebook divulgou: O Facebook tem profundo respeito pelas decisões da justiça brasileira e cumpriu a ordem judicial dentro do prazo estabelecido

O Facebook, que também é dono do WhatsApp, já teve diversos problemas com magistrados brasileiros de diversos estados, com relação aos direitos de privacidade do seu aplicativo de bate papo, e por experiência, já tem conhecimento que a justiça brasileira não brinca quando o assunto é direitos nas redes sociais.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

WhatsApp chat