Arquivos google - Página 5 de 8 -

Google passa a utilizar sua ferramenta de otimização de carregamento também para a publicidade

Google passa a utilizar sua ferramenta de otimização de carregamento também para a publicidade

Em 2015, o Google lançou uma ferramenta chamada “AMP” (Accelerated Mobile Pages Project), que como o nome já diz, foi projetada para acelerar o carregamento de conteúdo de páginas  em aplicativos móveis.

Na última terça-feira, a gigante das buscas apresentou mais dois novos recursos para a ferramenta, que são: o AMP para anunciantes, onde o anúncio é projetado em um modelo html, de forma que a ferramenta consiga usar a mesma tecnologia de aceleração já usada nas páginas, e o AMP landing pages, que permite ao usuário clicar no anúncio para abri-lo em outra página, mantendo a otimização.

Segundo Paul Muret, vice-presidente de engenharia do Google, que anunciou a novidade no evento DoubleClick Leadership Summit, as marcas devem estar sempre um passo a frente dos seus consumidores, proporcionando experiências imediatas e integradas.

Uma pesquisa realizada pelo Google identificou que  77% dos sites mobiles, levam em torno de 10 segundos para o carregamento completo, e com a utilização da AMP, o tempo diminui para 4 segundos.

The Washington Post e BBC são alguns dos grandes publishers que melhoraram consideravelmente a experiência dos seus usuários nos sistemas mobile, e também foi revelado por Muret, uma nova parceria com a Warner Inc.

Com esta parceria, a Double Click irá trabalhar com todas as marcas da companhia de entretenimento, como Game og Thrones, Harry Porter e CNN Warner.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Google vai produzir seu próprio smartphone

Google vai produzir seu próprio smartphone

Segundo o site “The Telegraphy”, fontes seguras revelaram que, ainda este ano, o Google entrará na briga do concorrido mercado dos smartphones.

Não é uma notícia surpreendente, levando em conta que o Google é uma das empresas mais atentas às novas tendências no setor de tecnologia e informação, portanto, já era de se se esperar, em algum momento, uma notícia semelhante a esta.

Foi informado, que a gigante de buscas está em processo de negociação com as principais operadoras de telefonia móvel do mundo, com o objetivo de alavancar estratégias para a entrada neste mercado.

Na verdade, o Google já está há muito tempo dentro deste segmento de smartphones, com o Android, e a cada cinco smartphones vendidos no mundo, quatro possuem o Android como sistema operacional.

O Google mantém grandes parcerias com os principais fabricantes de smartphones, para rodarem o Android, e o principal caso é com a Samsung, que possui o Android em todos os seus aparelhos.

Uma das razões para a realização deste projeto, é o histórico positivo traçado pela  Apple, pois ela possui o controle de software e hardware dos seus produtos, fazendo seus aparelhos serem totalmente compatíveis com o sistema operacional, afinal de contas, ela é responsável por sistema operacional e aparelho, e o mínimo que ela pode oferecer aos seus consumidores é a compatibilidade total de software e hardware.

Acontece com muita frequência, de aparelhos de diversas marcas que possuem o Android como sistema operacional, atualizarem o sistema para uma nova versão do Android e ocorrer problemas no funcionamento do mesmo, fato que seria eliminado para quem utilizar o smartphone de fabricação do Google.

Está fora de cogitação a extinção do Android nos smartphones das diversas marcas que já o utilizam.

As parcerias do Google com estas empresas permanecerão existindo.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Google altera a cor das etiquetas dos anúncios

Google altera a cor das etiquetas dos anúncios

Os anúncios do Google Adwords, que sempre foram visualizados com etiquetas amarelas, foi alterado para a cor verde (Green “Ad” Tag).

No início de abril, alguns usuários começaram a perceber esta alteração, contudo, na ultima quarta-feira, o Google informou ao site Search Engine Land que foi realizado uma pesquisa de aceitação com 5% dos anúncios, e o resultado foi satisfatório.

A alteração está sendo feita de forma gradual, mas em breve será aplicado o verde em todas as etiquetas dos anúncios

O porta voz do Google informou que a empresa sempre avalia novas ideias para melhorar a aparência do resultado das buscas, de forma que facilite o uso com uma fácil visualização.

A cor verde já era encontrada na url, que fica ao lado da etiqueta, e por isso houve uma certa dúvida no sentido da etiqueta receber a mesma cor, entretanto, o Google revelou que após os testes, percebeu-se que este detalhe não prejudicava o uso e a visualização dos anúncios.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Google anuncia o Android Nearby: o novo robô que promete trazer muitas facilidades

Google anuncia o Android Nearby: o novo robô que promete trazer muitas facilidades

Foi anunciado pela Google, que o Android Nearby será ativado em algumas semanas, de forma gradual, em todo o mundo.

Trata-se do novo robô da empresa, que funcionará com estabelecimentos credenciados, como, por exemplo, cinemas, bares, restaurantes e museus.

Nestes pontos serão instalados emissores com sinal de Bluetoooth, e quando o usuário passar perto destes locais, receberá informações, cardápios ou anúncios com promoções e outras diversas facilidades que estão por vir.

Exemplificando, se um usuário passar por um restaurante participante do Android Nearby, poderá ser oferecido na tela de seu smartphone que ele instale o aplicativo do estabelecimento,  de forma que ele possa adiantar o seu pedido e até mesmo efetuar de forma rápida e prática o pagamento.

Para ter acesso à novidade, o smartphone deve estar com a versão 9.2 ou superior do Google Play Services e, inicialmente, os Androids compatíveis são o Marshmallow, Lollipop e o N.

Atendendo estes pré-requisitos, basta o aparelho estar com  o seu sistema de localização e o seu Bluetooth  ligados, e sempre que o usuário passar pela primeira vez por um local ou estabelecimento credenciado, ele receberá um convite para acompanhar aquele sinal a partir daquele momento.

Mesmo antes do seu lançamento, já existem três empresas pré credenciadas, que são a CVS, a United Airlines e o museu Broad, localizado em Los Angeles, Estados Unidos.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Google Assistent se tornará mais humano e mais interativo

Google Assistent se tornará mais humano e mais interativo

Sem sombra de dúvidas, entramos num novo estágio da evolução tecnológica

Ideias futurísticas, que num passado não muito distante pareciam conteúdo exclusivo de filmes de ficção científica, tornaram-se possíveis com o grande avanço tecnológico.

Não é mais nenhuma novidade que o Google é uma das empresas que mais investe em modernidade e inovação.

Na última feira realizada pela empresa, a I\O, foi revelado inovações no Google Assistent, (o substituto do Google Now), com o objetivo de deixá-lo mais humano, investindo forte na evolução da inteligência artificial, possibilitando ao usuário conversar com o assistente sobre diversos assuntos, inclusive com o robô dando opiniões, ou até mesmo contando piadas.

Foram dados alguns exemplos de novidades encontradas no assistente, como o comando de voz para fotografar uma selfie, sem precisar de um botão ou clique, ou um pedido pra localizar filmes em cartaz nos cinemas e seus respectivos horários, entre diversas outras novidades.

O grande responsável por dar vida ao novo assistente, Ryan Germick, com a ajuda da artista Emma Coats, terão a missão de tornar o Google Assistent em algo tipo “o melhor amigo” do usuário, fazendo com que ele seja capaz de fazer o usuário, por alguns momentos, ter a real sensação de estar conversando com uma pessoa.

O robô terá a capacidade de responder perguntas sobre ele mesmo, como qual seria a opinião dele referente a diversos assuntos.

Agora é esperar pra ver se o assistente da gigante de buscas conseguirá de fato nos impressionar com tanto realismo, de acordo com o que foi prometido.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

WhatsApp chat