Arquivos Internet -

Ministro volta atrás e diz que não haverá mudanças na internet banda larga brasileira

Ministro volta atrás e diz que não haverá mudanças na internet banda larga brasileira

 

Após declarar publicamente que a internet banda larga limitada iria finalmente entrar em cena no segundo semestre de 2017, o ministro Gilberto Kassab voltou atrás em apenas um dia, e declarou através da assessoria de imprensa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) que não irão ocorrer mudanças como a recém havia informado.

As declarar publicamente que a internet banda larga fixa limitada seria melhor para os usuários, muita gente se revoltou, e formou-se uma onda de manifestações pelas redes sociais repudiando o posicionamento de Kassab.

Um famoso grupo hacker brasileiro não se conteve e mandou seu recado:” Não se atrevam a acabar com a internet ilimitada!”, fora a indignação de muitos usuários.

A Anatel manifestou-se afirmando que o ministro cometeu um erro com suas declarações anteriores.

Confira abaixo a nota oficial publicada pelo MCTIC:
“O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) reforça o compromisso do governo federal em atuar para que o direito do consumidor seja respeitado e garantido. O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, esclarece que não haverá mudanças no modelo atual de planos de banda larga fixa, reiterando seu compromisso em atender o interesse da população e do consumidor”

 

 

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Ministro brasileiro confirma o pacote limitado de internet banda larga em 2017

Ministro brasileiro confirma o pacote limitado de internet banda larga em 2017

O fim da internet banda larga ilimitada foi um assunto muito discutido no ano passado, revoltando a maior parte dos consumidores. Contudo, ainda acreditava-se que tudo poderia ser somente especulação e não se concretizar.

Infelizmente, as últimas notícias não são boas. Gilberto Kassab, ministro da Ciência, Inovações e Comunicações, garantiu em entrevista que ainda no segundo semestre de 2017 os planos de internet banda larga no país passarão a ser limitados.

Apesar da grande maioria da população achar essa mudança um absurdo, o ministro garantiu que tal medida será tomada pensando em beneficiar os usuários com serviços de maior qualidade, e afirmou que o governo sempre estará defendendo os interesses do consumidor.

Segundo Kassab, o problema não é o serviço passar a ser limitado, mas sim encontrar o ponto de equilíbrio nesse limite a ser imposto nos planos.

Sem dúvidas esse assunto ainda vai gerar muito protesto e polêmicas nas redes sociais.

E você, o que acha do fim da internet ilimitada?

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

92,1% dos acessos à internet nas residências brasileiras são feitos por smartphones

92,1% dos acessos à internet nas residências brasileiras são feitos por smartphones

A venda de notebooks e desktops caiu bastante nos últimos anos, e o motivo desse declínio é evidente: a evolução da tecnologia dos smartphones tornaram celulares em potentes “computadores de bolso”, tornando o uso do computador, que antes era fundamental,  opcional, dependendo da tarefa a ser realizada.

O IBGE revelou, na última quinta (22), através de sua Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, que 92,1% dos brasileiros que utilizam a internet em suas residências  acessam através de seus smartphones.

O acesso através de tablets nos lares brasileiros correspondeu a 21,1%, enquanto o acesso por smartvs ficou em 7,5%.

“Quando a gente abre estes dados pelas grandes regiões, até 2014 nas regiões Sul e Sudeste ainda era superior o acesso por microcomputador. Em 2015 isso se reverte e a proporção passa a ser maior com o acesso por meio de outros aparelhos. As demais regiões já tinham feito essa reversão em 2014”, salientou Helena Oliveira, analista do IBGE.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Conheça o Plume, o roteador portátil que melhora o sinal do seu Wi-Fi

Conheça o Plume, o roteador portátil que melhora o sinal do seu Wi-Fi

Nem sempre o sinal do roteador Wi-Fi chega com qualidade suficiente em todos os cômodos de uma residência ou de uma empresa.

Nestes casos, pode-se utilizar roteadores extras em pontos estratégicos, de forma que a qualidade do sinal fique padronizada em todas as peças do imóvel.

Foi pensando em facilitar este processo que o Plume foi inventado.

Trata-se de um dispositivo compacto e portátil, que atua de forma inteligente, padronizando o sinal do Wi-Fi, sendo muito indicado para manter a velocidade para games online em videogames e pcs, e também para assistir a filmes em alta qualidade de imagem sem travar.

Diferente dos seus concorrentes, o Plume funciona através de ondas, ou seja, ele não divide a potência do Wi-Fi entre os cômodos, mas mantém a velocidade máxima nos diversos pontos.

Após instalar os aparelhos em pontos estratégicos pela casa, após certo tempo de uso, o sistema padroniza cada peça com relação a sua distância em relação ao roteador principal, de forma que todos os locais equipados com o Plume fique no mesmo padrão de conexão.

O Plume vem com um aplicativo para instalar no smartphone, e é controlado via Bluetooth.

Pelo aplicativo, o usuário pode ter o controle detalhado do sinal de cada aparelho em utilização, e também configurar de forma personalizada.

O Plume lembra um pouco aqueles aparelhos anti insetos de ligar na tomada, com dimensões de 25 x 13 x 13 mm, com 90 gramas.

O aparelho está em processo de pré venda, inicialmente, nos EUA, e o preço mínimo inicial é de US$ 39, sendo 6 o minimo de unidades em cada caixa, e máximo de 12.

Ainda não tem previsão para lançamento no Brasil.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

WhatsApp chat