Arquivos Samsung -

Novidade da Samsung pode chegar ao Brasil com defeito

Novidade da Samsung pode chegar ao Brasil com defeito

Após algumas reclamações de clientes em fóruns da internet, a Samsung admitiu que alguns aparelhos Galaxy S9 e S9 Plus estão apresentando problemas na função touch da tela.

Inicialmente as reclamações se restringiam ao Reddit e ao fórum da marca sul-coreana, dando conta que aparelhos apresentavam “zonas mortas” nos displays.

A maior parte das queixas foram apresentadas por usuários do modelo S9 Plus, versão do smartphone com 6,2 polegadas. Alguns usuários apontam que o problema acontece na parte inferior da tela, enquanto outros dizem que a falha ocorre na parte superior do display. No entanto há alguns relatos de usuários que conseguiram resolver o problema resetando o aparelho para as configurações de fábrica ou aumentando a sensibilidade ao toque.

Os novos aparelhos da Samsung chegam no Brasil apenas na próxima terça-feira, dia 27 de março. Até lá, fica a expectativa de que a fabricante, que já investiga as causas desse problema, tenha encontrado uma solução definitiva para que o defeito não atinja os fãs brasileiros da marca.

Você tem alguma dúvida ou pergunta sobre marketing digital? Caso positivo, deixe nos comentários que faremos um conteúdo lhe respondendo! ☺

.

 

@FelipeAPereira

Administrador de Empresas, Consultor de Marketing e CEO da Agência Ibr.
Autor do livro “Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios”
Interaja comigo nas mídias sociais! =D
Facebook | Twitter | LinkedIn | Instagram | felipe@agenciaibr.com.br

Após longo período de testes, Samsung divulga qual foi o motivo das explosões do Galaxy Note 7

Após longo período de testes, Samsung divulga qual foi o motivo das explosões do Galaxy Note 7

A Samsung passou pela maior crise de sua história no ano de 2016. Após o lançamento do “Galaxy Note 7”, que foi desenvolvido para ser um dos smartphones tops de linha da marca, mas tudo deu errado.

Centenas de exemplares do aparelho pegaram fogo ou explodiram, inclusive ferindo seriamente diversos proprietários, instaurando uma crise na empresa sul-coreana com a queda em suas ações e com a perda da credibilidade perante seus clientes.

Após toda essa tragédia, a empresa informou que realizou um mutirão com uma equipe de 700 pessoas, onde foram testados 200 mil aparelhos, além de 20 mil baterias extras, desvendando qual era o problema que gerava o superaquecimento e as explosões.

Logo que ocorreram os primeiros casos, a Samsung realizou um recall do Galaxy Note 7, e ainda sim os mesmos problemas continuaram sendo identificados.

Constatou-se que nos primeiros lotes do aparelho o problema era um defeito de design no canto superior direito da tela, que gerava um curto-circuíto, saindo fumaça do aparelho, podendo pegar fogo.

Nos lotes comercializados após o recall, devido a um defeito de produção, os aparelhos tinham um problema de solda na bateria, que também tornou possível a geração de incêndios.

Esse foi o maior escândalo vivido por uma grande fabricante de eletrônicos, que com certeza terá os seus negócios afetados por um bom tempo até o ocorrido cair no esquecimento da população mundial.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Após sérios problemas com explosões, Samsung anuncia o fim do Galaxy Note 7

Após sérios problemas com explosões, Samsung anuncia o fim do Galaxy Note 7

 

Após algumas tentativas frustradas de reverter a situação, a Samsung jogou a toalha e tomou a dura decisão de enterrar o Galaxy Note 7.

O smartphone top de linha da empresa, desde seu lançamento, noticiou centenas de casos de superaquecimento e de explosões de sua bateria, e mesmo após realizar o recall de mais de dois milhões de aparelhos, acreditando que havia solucionado o problema, os casos de explosões de baterias continuaram acontecendo.

A Samsung oferece aos donos do Galaxy Note 7 o reembolso do valor ou a troca do seu aparelho por um dos outros dois modelos top da empresa, que são o Galaxy S7 e o Galaxy S7 Edge.

Obviamente, que a imagem da empresa foi seriamente prejudicada, pois as pessoas podem passar a ter medo de usar os outros modelos, afinal de contas, quem garante que outro smartphone não poderá explodir da mesma forma?

O fato é que o aparelho foi retirado do mercado – mesmo trazendo um imenso prejuízo para a empresa – com o objetivo de não manchar ainda mais o nome de uma das maiores fabricantes de tecnologia do mundo.

As ocorrências foram tantas, que até dentro de um avião aconteceu uma explosão de um aparelho desligado, sendo proibida a entrada destes aparelhos nos aviões da maioria das companhias aéreas.

Esperamos que todos os usuários realizem o recall do aparelho, evitando graves problemas com sua saúde, e a de quem estiver próximo.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

WhatsApp chat