Tome cuidado com as falsas notícias das redes sociais -

Tome cuidado com as falsas notícias das redes sociais

Tome cuidado com as falsas notícias das redes sociais

Não é nenhuma novidade a existência de pessoas mal intencionadas no ambiente virtual, e esta é uma realidade antiga, contudo, com a explosão de informação das redes sociais, o problema tomou proporções maiores.

Notícias falsas, como boatos da morte de alguma pessoa famosa ou a promessa de ganhar fortuna trabalhando em casa, estão no topo do ranking das postagens maliciosas.

São diversos os possíveis motivos das pessoas que agem de tal maneira, e entre eles estão a intenção de infectar o computador ou o notebook do usuário para, posteriormente, realizar algum tipo de golpe, ou simplesmente uma ridícula necessidade de tornar-se popular nas mídias sociais.

O que acontece muito atualmente, é que o dia a dia das pessoas está cada vez mais corrido, e diversas vezes nos informamos dos acontecimentos  através das postagens do Facebook ou Twitter, e é ai que mora o perigo.

Antes de sairmos postando alguma informação pública, precisamos checar a reputação da fonte da informação, sendo os grandes veículos de notícias, como jornais, ou seus respectivos sites para leitura online, as fontes recomendadas.

A má fé no mundo virtual existe há muitos anos, e sua manifestação encontrava-se nos famosos “spams”, que são aqueles e-mails chatos que na grande maioria das vezes você não gostaria de ter recebido.

Outra maneira de ficar atualizado nas redes sociais, de forma segura, é curtindo as páginas dos grandes veículos de informação no Facebook, pois estas páginas lhe trarão informações verídicas, sem duvida.

O Facebook estudou formas de tentar controlar as postagens maliciosas, mas acabou desistindo, porque é praticamente impossível criar um algoritmo capaz de bloquear tanta informação assim.

Sendo assim a única forma de se defender destes conteúdos na rede social, é através das denúncias.

Com relação aos links postados com o objetivo de infectar os  computadores, devemos ter a atenção redobrada ao clicar nestes endereços, porque os vírus alcançaram um nível muito alto de ocultação na sua detecção, e muitas vezes o antivírus, por mais completo que seja, não consegue identificar todas as ameaças, portanto, se estiver desconfiado da vericidade de determinado link, na dúvida, não clique, pois afinal de contas, “quando a esmola é demais o santo desconfia”.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Posts Relacionados