Facebook Messenger avalia o uso de conversas autodestrutivas -

Facebook Messenger avalia o uso de conversas autodestrutivas

Facebook Messenger avalia o uso de conversas autodestrutivas

Há alguns anos atrás, quando o Orkut ainda era o fenômeno das redes sociais, era difícil imaginar o seu fim, devido ao gigantesco sucesso consolidado na época.

É impossível prever qual será o futuro das redes sociais, mas já sabemos que a todo momento surgem novidades, como o recente sucesso do Snapchat, e as constantes atualizações das demais redes sociais, que estão sempre buscando melhorias para não perder espaço para os concorrentes.

O Facebook, que em 2013, fez uma proposta de compra do Snapchat, e não conseguiu realizar o negócio, está atento às ferramentas do já bem sucedido aplicativo, e decidiu incorporar alguns recursos de sucesso do concorrente..

Um dos recursos que está sendo testado no Facebook Messenger, são as conversas autodestrutivas, onde os usuários podem predefinir o tempo de existência do bate papo, ou seja, torna-se possível “cronometrar” a conversa, com o tempo que o usuário quiser, e a conversa é excluída automaticamente após este período.

Segundo David Marcus, responsável pelo aplicativo do Facebook, a possibilidade de implementação das conversas autodestrutivas, não é idealizada pelo fato do aplicativo Messenger ser inseguro, pelo contrário, ele garante que o aplicativo possui um forte sistema de segurança, porém, ele considera o recurso importante para determinadas conversas onde o conteúdo é mais sério ou sensível, explica.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Posts Relacionados