Arquivos Android - Página 6 de 10 -

WhatsApp vai ocupar menos espaço na memória do seu smartphone através de novo recurso

WhatsApp vai ocupar menos espaço na memória do seu smartphone através de novo recurso

Uma das principais reclamações dos usuários do WhatsApp é a necessidade de download completo dos vídeos compartilhados na rede social. Muitas vezes o conteúdo do arquivo não tem nenhuma relevância, ou simplesmente não é do interesse do usuário, consumindo o pacote de dados do smartphone desnecessariamente.

Para solucionar este problema, o WhatsApp vem realizando testes com os vídeos sendo reproduzidos em streaming. Ou seja, os vídeos passarão a ser reproduzidos de forma semelhante ao YouTube e Netflix, possibilitando a interrupção do carregamento logo no início da reprodução, poupando a memória do smartphone e o pacote do plano de dados.

Contudo, sabemos que a rede social de Zuckerberg possui uma política de total privacidade ao conteúdo utilizado por seus usuários, e o conteúdo em streaming necessariamente será armazenado em algum servidor da empresa. Mas e a tal da privacidade?

Provavelmente, após o carregamento do vídeo o conteúdo seja excluído automaticamente dos servidores, sendo guardado apenas localmente.

A novidade vem sendo testada na última versão beta do WhatsApp, em aparelhos com o sistema Android, mas em breve será liberada também para outras plataformas.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Voltam a crescer as vendas de smartphones no Brasil

Voltam a crescer as vendas de smartphones no Brasil

 

Após 5 semestres em queda, o mercado dos smartphones voltou a aquecer no Brasil.

Segundo um estudo realizado pela IDC Brasil, no último trimestre (julho a setembro), foram vendidos 11,136 milhões de unidades de smartphones no país, com 7,2% de crescimento com relação ao mesmo período no ano passado. Desses aparelhos, 95,5% possuem o sistema Android, o que comprova que a Apple já viveu momentos melhores.

O ticket médio de venda dos smartphones ficou entre R$ 963.

Ficou claro com a pesquisa que os fabricantes identificaram erros em suas estratégias anteriores e passaram a lançar no mercado bons aparelhos com preços mais atrativos.

Uma fatia muito pequena dos consumidores ainda aceitam realizar um alto investimento na compra de um smartphone. A prova disso é que mais de 76% dos aparelhos vendidos no terceiro trimestre de 2016 são os modelos de até R$ 999.

Segundo Diego Silva, analista da IDC Brasil, a Black Friday é a época de maior comercialização de smartphones atualmente, fazendo os varejistas abastecerem seus estoques para a semana de promoções.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Pela quarta vez, Facebook cria recurso semelhante ao Snapchat

Pela quarta vez, Facebook cria recurso semelhante ao Snapchat

 

Logo no início do sucesso do Snapchat, Mark Zuckerberg tentou uma investida para a compra da nova rede social, recebendo um não como resposta.

O fato é que o Snapchat não parou de crescer, e o Facebook passou a lançar recursos quase idênticos aos já consagrados pelo concorrente.

Nesta semana, o Facebook anunciou mais uma cópia das ferramentas do Snapchat: o Flash.

Trata-se de um “Snapchat” mais leve, com menos de 25 MB. O recurso possui as principais características do rival e está disponível somente para os usuários brasileiros que utilizam o sistema Android.

Segundo George wang, gerente de produtos, a nova ferramenta tem como objetivo beneficiar os países em desenvolvimento, que possuem internet de baixa qualidade e utilizam smartphones com configurações modestas com relação ao países desenvolvidos.

Além do Brasil, após um período para avaliações da novidade, será lançado também em outros países em desenvolvimento.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

WhatsApp libera videochamadas na versão Beta

WhatsApp libera videochamadas na versão Beta

Recentemente, os usuários de smartphones com o sistema operacional Windows passaram a ter disponível na versão Beta do WhatsApp as tão esperadas vídeochamadas, e a partir de agora, os usuários da versão Beta do app para Android de número 2.16.318 (451462) também já contam com a novidade, que ainda está em fase de avaliação.

O funcionamento da nova ferramenta é bem simples. Basta selecionar o botão de ligações e surgirá as opções de chamada por áudio ou vídeo.

Para funcionar, os dois usuários precisam estar com a versão Beta atual do WhatsApp.

O site The Next Web realizou alguns testes com as videochamadas e identificou certo atraso nas chamadas mesmo com os dois aparelhos conectados a uma ótima conexão WiFi, fato esse que justifica a novidade ainda não ser ter sido lançada para todos os usuários.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Startup gaúcha lança app para comparar preços de produtos dos estabelecimentos

Startup gaúcha lança app para comparar preços de produtos dos estabelecimentos

 

Lançado em junho por uma startup de Canela-RS, o “QQCusta” é um aplicativo desenvolvido para os consumidores sempre localizarem o menor preço em supermercados, farmácias e lojas de conveniência.

O app é uma plataforma colaborativa, ou seja, cabe aos próprios usuários inserir no sistema os produtos de determinado estabelecimento e seu respectivo preço, fazendo com que as informações estejam sempre atualizadas.

O sistema opera de forma muito prática. Através da câmera do celular o usuário pode pesquisar os preços do produto através do seu código de barras, ou simplesmente digitando o nome do produto na pesquisa.

Após realizar a pesquisa, surge uma lista com todos os estabelecimentos que estão comercializando aquele produto com o valor atual, possibilitando ao usuário realizar a melhor escolha na hora de fazer suas compras.

Segundo Paulo Vieira de Oliveira, idealizador da ferramenta, a melhor forma de economizar é a pesquisa de preços. Porém, muitos consumidores acabam comprando no estabelecimento de sempre devido a correria de sua rotina, dificultando a possibilidade de economizar.

Oliveira também destacou que quanto mais usuários se cadastrarem e atualizarem os produtos no app, ainda mais eficiente será a experiência com o QQCusta.

A plataforma já conta com 2500 usuários e mais de 300 mil produtos cadastrados.

Uma função muito interessante do app é a possibilidade de realizar uma lista de compras, e o aplicativo é capaz de gerar o valor total da mesma em diversos estabelecimentos.

O QQCusta recebeu um investimento de R$ 500 mil para o seu desenvolvimento, e encontra-se ativo nos estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso.

Somente usuários de Android têm acesso ao aplicativo, mas em breve será liberado também para iOS. O download do app é gratuito.

.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

WhatsApp chat