Arquivos Google+ - Página 2 de 3 -

Uma referência nas mídias sociais

Como se tornar uma referência nas mídias sociais?

Construção de autoridade e emissão de opinião estão entre os fatores responsáveis

Fazer parte da opinião pública é um dos ideais buscados por quem deseja ter influência sobre parcelas da população através do lançamento de ideias e impressões a respeito dos mais diversos assuntos.

Tradicionalmente, ser parte da opinião pública está atrelado à um veículo de comunicação tradicional e recebe todo o respaldo que a força desses veículos trazem consigo. Mas, nem todos os espaços públicos agora são dominados pela grande mídia.

autoridade-midias-sociais

A internet possibilitou democratizar os espaços de opinião, dando liberdade para o surgimento de emissores de opinião que passam a ter uma relevância impensada em tempos anteriores, alcançando um público cada vez maior.

A construção de autoridade para emitir opinião sobre algum assunto não é mais exclusividade de uma pessoa sustentada por uma corporação midiática que dita o que deve ou não ser dito e o que está ou não errado.

Talvez os maiores exemplos de criação de poderosas vozes opinativas com ares ascendência sobre o público sejam os vlogueiros do Youtube que, em sua maioria, saíram daquele ambiente para alçar voos maiores. Eles vinham do anonimato e, através do poder multiplicador da internet, conseguiram espalhar sua palavra.

Esses exemplos de sucesso dão conta que é possível estabelecer uma persona com autoridade para emitir opinião e granjear um público ouvinte através apenas do trabalho nas mídias sociais.

O segredo reside na maneira de se posicionar no ambiente virtual e criar um discurso acessível para todos, aumentando o potencial de expansão das ideias transmitidas na hora de emissão da opinião.

Evitar postagens banais ajuda a pavimentar o caminho para a expressão de opinião quando isso é necessário e não ter medo de se posicionar sobre temas polêmicos também é um requisito necessário para desenvolver o poder de fazer parte da opinião pública dentro das mídias sociais.

Lembre-se sempre que o conteúdo postado tem de ser relevante para ser colocado em um poste na frente de todas as pessoas na rua e ficar ali exposto, essa é a ideia de relevância ensinado pelos teóricos da comunicação. Portanto, não perca seu tempo com coisas fúteis para assumir papel destacado nas interações sociais.
.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. 
Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

.

Mídias sociais: números que você precisa saber

.
Quais as mídias sociais mais utilizadas?

Números para lhe ajudar a formar uma estratégia vencedora

O ritmo da vida moderna é mais rápido do que nunca e as mídias sociais parecem evoluir na velocidade da luz. Se você é como a maioria dos empresários e comerciantes, a sua vida está em ritmo acelerado e você está sempre ocupado. O seu tempo disponível é finito, então, é fundamental investir na sua presença nas mídias sociais de forma que traga o maior retorno. A mídia social pode mudar drasticamente em um período relativamente curto de tempo. Para se destacar em marketing de mídia social, você precisa das novidades, dos dados mais relevantes ao seu alcance para tomar decisões e criar conteúdo rico em informações cativantes. Jeff Bullas lançou estatísticas recentemente publicadas que fornecem retratos valiosos das atuais tendências de mídia social que vamos compartilhar e discutir agora.

Grandes estatísticas

O uso de mídia social é agora generalizado… mainstream, e mais influente do que nunca. Com sinais sociais cada vez mais influenciando rankings de busca. Ampliando e reforçando a sua presença na mídia social, você pode ampliar significativamente o seu alcance e taxa de geração de leads.

• 72% de todos os usuários da Internet estão agora ativos em mídias sociais
• 89% das pessoas entre 18 e 29 anos são usuárias de mídia social
• 72% dos indivíduos com idades entre 30 a 49 estão envolvidos em mídia social
• 60% das pessoas entre 50 a 60 anos estão ativas na mídia social
• 43% das pessoas de mais 65 anos estão engajadas em mídia social
• 71% dos usuários acessam as mídias sociais a partir de um dispositivo móvel
.

fabiola-nao-me-enxe-mais

..

Estatísticas do Facebook

Para muitos não é possível levar uma empresa a sério se não houver uma presença no Facebook. E não basta estar presente, é necessário compartilhar conteúdo cativante, relevante e rico, cheio de insights profundos da indústria da qual é parte. É a principal maneira de aumentar o tráfego para o seu site através do Facebook. Embora o Facebook ainda domine em termos de tamanho e taxa de compartilhamento social, Twitter e Google+ podem muito bem beliscar os calcanhares do Facebook em 2014, principalmente o primeiro.
• Facebook tem agora mais de 1.150 bilhões de usuários
• Um milhão de páginas da web podem ser acessadas com o “Login do Facebook”
• 23% dos usuários do Facebook acessam pelo menos 5 vezes por dia
• 47% dos americanos dizem que o Facebook é o principal influenciador de suas decisões de compra
• Em média, os americanos gastam 16% de cada hora on-line no Facebook
• 70% dos comerciantes adquirem novos clientes através do Facebook

Estatísticas do Twitter

Com o mais rápido crescimento da mídia social, o Twitter pode impactar seriamente o seu negócio. Agora, a ferramenta capta o poder das imagens e se torna ainda mais influente na captação de vídeo. O uso estratégico do Twitter pode melhorar significativamente o engajamento social, ampliar a exposição da marca, aumentar a geração de leads, ajudá-lo a ganhar status como um perfil líder de pensamento e conseguir mais novos negócios.
• Twitter agora tem mais de 550 milhões de usuários registrados e 215 milhões de usuários ativos mensais
• Entre 2012 e 2014, o Twitter alcançou uma taxa de crescimento de 44%
• 34% dos profissionais de marketing usam o Twitter para geração de leads

Estatísticas do Google+

Google+ é ainda mais poderoso do que seus rivais devido a sua influência crescente na pesquisa de rankings com os sinais sociais de um AuthorRank. Com apenas três anos na cena de mídia social, o Google+ tem feito um enorme impacto e mudado a natureza do marketing de conteúdo.
• Google+ agora tem mais de 1 bilhão de contas habilitadas e 359 milhões de usuários ativos mensais
• Tem uma taxa de crescimento de 33% ao ano
• Pessoas com idade entre 45 a 54 anos têm aumentado a sua utilização Google+ em 56% desde 2012
Estatísticas de Mídia Visual
A mídia visual está cada vez mais influente em todas as mídias sociais. E as mídias sociais dedicadas exclusivamente a imagens ou vídeo, como o Pinterest, YouTube e Instagram, estão preparadas para alcançar novos patamares em 2014.
• YouTube tem mais de um bilhão de usuários ativos mensais
• Pinterest tem 20 milhões de usuários ativos mensais
• Instagram tem 150 milhões de usuários ativos mensais

Use essas estatísticas para ajudá-lo a tomar decisões informadas sobre como investir o seu capital em social media em 2014. O verdadeiro sucesso de mídia social acontece quando sua presença trabalha em conjunto com a sua criação de conteúdo, e-mail marketing etc. Uma estratégia completa de marketing de entrada pode satisfazer todas as suas necessidades de marketing, ajudando você a perceber as mídias sociais de maneira real.

Fonte de informações: http://socialmediatoday.com/
.

Felipe de Andrade PereiraFelipe A Pereira

Administrador de Empresas, fundador e CEO da Intermidia Brasil. 
Autor do livro Marketing e Comunicação Digital: a internet otimizando negócios
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

.

Livro “Marketing Digital: a internet otimizando negócios”

Livro Marketing Digital – atualizado!

Obra que aborda o marketing digital foi destaque na Feira do Livro de Porto Alegre

Oi gente!

Atualizando o post com o conteúdo novo do livro, pois foi revisado no final de 2016 com a segunda edição! Em 2018 teremos a terceira! =D

Para adquirir a versão impressa, basta clicar no link! =D

EM ESTOQUE

 

Livro Marketing Digital

Livro Marketing Digital

Prezados amigos,

Hoje escrevo para informá-los que lancei meu primeiro livro, no dia 08 de novembro de 2012, na 58ª Feira do Livro de Porto Alegre!

Na obra, proponho algo diferente do que estamos acostumados a ver nas leituras do nosso dia-a-dia. Não se trata nem de uma bíblia e nem mesmo de uma metodologia. É algo amplo e ao mesmo tempo direto. Faça o que está escrito que em pouco tempo terás resultados positivos! E é fato: escrevi apenas aquilo que já testei comigo. Houve erros, obviamente, mas esses erros e testes foram realizados comigo e, agora, trago até vocês esse resultado de muita leitura e trabalho.

Pense que o maior desafio para um micro e pequeno empresário sempre foi conquistar mais clientes.

No formato tradicional, você fazia isso pelo telefone, pelo porta a porta, esperava alguma indicação… você pode continuar, sim, com essas ações. Porém, agora tens uma grande aliada: a internet.

Minha proposta é mostrar que a presença na internet, com trabalho contínuo e disciplinado, pode lhe gerar frutos em pouco tempo. Mostrar tudo isto de forma simples, direta e precisa. Você não precisa ser um grande entendedor e especialista em internet para colher os frutos dessa leitura. O ambiente digital lhe proporciona isto.

Terás condições de, em poucos passos, estabelecer seu marketing e comunicação digital desde o desenvolvimento do site de forma prática, até o relacionamento em mídias sociais e prospecção de contatos comerciais via motores de busca.

Faremos uma abordagem ampla e, ao mesmo tempo, prática, a respeito de todas as alternativas que a internet apresenta e de que forma tirar proveito delas com o uso da presença ativa, responsável e influente.

Você pode adquirir meu livro de marketing digital acessando aqui, na loja virtual da Editora, ou entrando em contato comigo pelo Facebook ou Twitter! 🙂

 

Um abraço e até mais!

.

.

felipeFelipe A Pereira

Administrador de Empresas e fundador da Intermidia Brasil.
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Lento, aplicativo do Facebook para iPhone ganhará nova versão

Aplicativo do Facebook, rede social mais popular do mundo, tem péssima nota avaliativa na AppStore.

Segundo engenheiros citados pelo New York Times, um novo aplicativo do Facebook para iPhone será lançado muito em breve e promete corrigir pelo menos um dos principais problemas reportados pelos usuários, a lentidão.

São diversas as reclamações dos usuários, dentre as quais podemos destacar a falta da opção de compartilhamento de postagens, marcação de pessoas e demora no carregamento das ações.

A explicação dos desenvolvedores para a lentidão é que a tecnologia de programação utilizada é baseada em HTML5, o que significa que cada acesso novo que o usuário faz no telefone é uma nova página a ser baixada e carregada. O novo aplicativo não mudará praticamente em nada a questão visual, porém o tornará mais rápido. O Facebook não se pronunciou sobre essa questão.

Aplicativos para dispositivos móveis: Facebook vs. Google+

Aqui deixo uma opinião bastante pessoal: o Facebook está atrás – e muito – do Google+ em termos de experiência de usuário, e não me refiro nem à versão web. Nós, enquanto empresa de internet e tecnologia, precisamos conhecer, analisar e avaliar tudo que surge no  meio digital e temos acompanhado o Google+ desde seu nascimento.

Lentidão do aplicativo do Facebook para iPhone irrita usuários

Não foi muito difícil eu capturar um print da tela do iPhone para demonstrar sua lentidão.

Depois de publicada notícia sobre o usuário do Google+ ser mais satisfeito que o do Facebook, me impressiona a diferença na experiência quando se utiliza os aplicativos de Google+ e Facebook. Aparentemente mais moderno, as vantagens do Google+ não são apenas visuais: opções de compartilhamento, a marcação com o +1, o carregamento, o efeito de novas postagens… realmente um belo aplicativo, que vai agradar, com certeza, cada vez mais pessoas e fará com que a rede social da gigante das buscas ganhe mais forças ainda. Já o do Facebook é isso aí… usuários insatisfeitos e um aplicativo totalmente lerdo e com problemas de carregamento. Conversando com amigos, colegas e familiares, percebi uma opinião bastante comum: a desistência, muitas vezes, em postar ou comentar postagens de amigos justamente pela lentidão.

Você utiliza algum desses aplicativos no seu celular? Conte-nos a sua experiência! 🙂

Por Felipe Pereira
.
Administrador de Empresas e Fundador da Intermidia Brasil.
>
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

Facebook e Twitter perdem espaço para Google+ em Motores de Busca

Percebemos, já algum tempo, que o Google está incluindo a sua rede social Google+ nos resultados das pesquisas e isto está fazendo o Facebook e Twitter perderem espaço para o Google+ nos Motores de Busca.

O que não imaginávamos é que isto seria feito de forma tão rápida e tão brusca. Hoje, em determinadas pesquisas, o Google simplesmente não mostra os resultados de Twitter e Facebook na primeira página. Por exemplo: se você pesquisar no Google o nome de uma grande empresa, provavelmente o primeiro resultado será o site dela. Caso a empresa tenha perfis oficiais nas mídias sociais e tenha colocado links para elas em seu site, o robozinho do Google já estará avisado sobre os perfis oficiais e incluirá estes perfis nos resultados das buscas. Anteriormente, a primeira página era tomada por perfis oficiais da empresa pesquisada. Twitter, Facebook, Flicker, Youtube etc… tudo aparecia na primeira página, pois eram tidos como canais oficiais da empresa em pesquisa.

Pois agora tivemos uma grande mudança. O Google dá destaque – e cada vez maior – para os perfis oficiais das empresas na sua rede social Google+. Além deste destaque, a gigante parou de mostrar nos resultados os perfis oficiais, principalmente, do Facebook.

O maior prejudicado nas pesquisas está sendo o Facebook. Assista ao vídeo, logo após o texto, onde demonstramos um exemplo prático do que o Google está fazendo.

Facebook twitter perdem espaço nos motores de busca

Quanto a isso, tudo bem: a Google é dona do site de buscas e dona da rede social Google+, e ela faz o que bem entender com elas. Porém, o lema da empresa é “Proporcionar e melhorar, sempre, a experiência do usuário, mostrando resultados relevantes e atendendo-os de forma satisfatória”.

Pra mim, isto é contraditório, pois os perfis e comportamento (pelo menos na data de hoje) das empresas presentes nessas três mídias sociais são bastante distintos.  O canal de menor interatividade na maioria dos casos é o do Google+. E o Twitter, meio de comunicação imediato e em tempo real, poderia ser considerado ‘não relevante’ pelo mecanismo de busca? Claro que não.

O jeito é se adaptar. Se você é responsável pela parte digital ou possui alguma empresa, prepare sua página o quanto antes e comece a interagir no Google+ também. Em pouco tempo as pessoas irão pesquisar o serviço/produto que estão precisando e aquelas empresas que estiverem no Google+ com bastante interatividade no grupo de amigos do usuário serão beneficiadas nos resultados!

Não tem outra saída. Pelo menos não enquanto o Google dominar mais de 97% das buscas no Brasil.

Assista abaixo e deixe sua opinião nos comentários! 🙂


.
.

.

.
Por Felipe Pereira
.
Administrador de Empresas e fundador da Intermidia Brasil.
>
Converse comigo no Twitter, no Facebook e no Google+!

WhatsApp chat